Psicologia Infantil

23/01/2015 08:31 - Atualizado em 26/09/2016 06:24

Sonambulismo infantil: Entenda o que causa o problema

O sonambulismo infantil é um problema que pode ser tratado, mas é preciso identificar a causa.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Acordar no meio da noite e encontrar o filho perambulando pela casa pode assustar muitos pais. Porém, é preciso saber que o sonambulismo infantil é bastante comum, principalmente na faixa dos três aos 12 anos.

Isso acontece porque o corpo da criança passa por inúmeras alterações que podem desencadear essas reações. A predisposição é outro fator que determina o sonambulismo. Se um dos pais for sonâmbulo, a criança tem 45% de chances de desenvolver o distúrbio. Se os dois forem, esse índice aumenta para 60%.

sonambulismo infantil

Sonambulismo não é doença

Cerca de 17% das crianças de até 12 anos podem ser sonâmbulas. Os médicos não consideram a questão uma doença, mas uma anomalia do desenvolvimento do sono, um distúrbio comum da infância e do inicio da adolescência.

Esse distúrbio raramente evolui para a idade adulta. Tende a desaparecer ao longo dos anos. Não é problema quando a ocorrência é esporádica. Os casos que devem ser acompanhados por um profissional são os que acontecem mais de três vezes na mesma noite, ou mesmo todas as noites.

Por não ser uma doença, não se pode falar em cura, mas em tratamento para amenizar os sintomas e melhorar a qualidade de vida da criança, caso as ocorrências sejam frequentes.

Os pais não podem confundir o sonambulismo com o Disturbio Comportamental do Sono REM. O REM é o estágio do sono no qual ocorrem os sonhos e, nessa fase, a criança, como em uma peça de teatro, costuma representá-los. Senta na cama, tem conversas desconexas e não responde a qualquer tipo de comunicação.

sonambulismo ocorre na fase de sono profundo. A criança está dormindo, mas pode estar de olho fechado ou aberto. O comportamento nesse processo varia. Ela pode ter construções mais elaboradas, como repetir atividades que costuma fazer quando acordada ou, simplesmente, ficar perambulando em volta da cama.

Em geral, essas ocorrências não costumam trazer problemas ao dia a dia da criança. Isso porque, ao contrário do que acontece com os sonhos, o sonâmbulo não lembra de absolutamente nada que se passou nesse período. Portanto, não há a interrupção do sono.

A exceção é quando o distúrbio se torna frequente, podendo ter como consequência cansaço, alterações de humor durante o dia ou problemas de concentração e aprendizagem.

O que fazer nos casos de sonambulismo?

Para os pais que nunca passaram por uma situação de sonambulismo sempre fica a dúvida: acordar ou não a criança? Lembre-se que seu filho está dormindo e acordá-lo pode deixá-lo confuso e constrangido. Reconduzir a criança até a cama, com o minimo de toque possível, sempre em voz baixa, é a melhor medida.

Mesmo que essas ocorrências aconteçam duas vezes por ano, é importante que os pais tomem alguns cuidados que garantam a segurança do filho, caso ele saia caminhando pela casa sem que ninguém perceba.

Se ele dorme no segundo pavimento, procure isolar a escada para evitar de ele cair acidentalmente e ter fraturas e luxações. Portas e janelas de fácil acesso devem ser muito bem trancadas. Se a sua cozinha tiver porta, mantenha fechada. É lá que se concentram os materiais mais perigosos da casa inteira.

Fios, aparelhos eletrônicos, móveis com pontas que possam machucar, tomadas elétricas: tudo deve ser protegido de maneira que não cause nenhum acidente. Redes de proteção em sacadas e piscinas também estão entre as principais recomendações dos médicos.

Nos casos mais graves, o médico, após analisar os históricos clínico e familiar do paciente, pode recomendar a polissonografia, exame para investigar os distúrbios do sono. Com isso, o diagnóstico é preciso e as medidas de tratamento, eficazes.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
distúrbios do sono
saúde infantil
segurança
tratamento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ