Psicologia Infantil

29/08/2015 12:49 - Atualizado em 28/11/2016 01:18

Saiba por que realizar uma avaliação psicológica com seu filho

Dificuldades de relacionamento e insegurança mostram que algo pode não estar bem.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A infância é um período de descobertas, tanto para as próprias crianças quanto para os pais. O desenvolvimento dos filhos pode gerar ansiedade e insegurança. Qualquer comportamento diferente pode suscitar dúvidas sobre a necessidade de uma avaliação psicológica ou algum outro tipo de intervenção.

Para a psicóloga infantil Priscila Badotti, a avaliação é necessária quando se identifica que algo não vai bem e está causando prejuízos para o desenvolvimento pleno do pequeno. Saiba se esse pode ser o caso do seu filho.

mulher faz avaliacao psicologica com crianca

Quando a avaliação psicológica é importante

São muitos os sinais de que a criança precisa de avaliação, entre eles dificuldades na leitura, na atenção, na memória e no raciocínio, ou quadros mais complexos, como dislexia e transtorno do déficit de atenção com ou sem hiperatividade.

Nas queixas relacionais, podem ser citadas habilidades sociais e de apego, ou ainda características de personalidade antissocial. Também há situações mais específicas, como antes e depois de determinadas cirurgias, ou após sofrer algum trauma como acidente ou perda de familiar.

Segundo a psicóloga, pode existir uma demanda de avaliação psicológica, principalmente por parte das escolas, no que diz respeito ao baixo desempenho escolar e ao relacionamento insatisfatório da criança com professores e colegas.

"Há também situações em que os próprios pais veem a necessidade de procurar ajuda profissional para os filhos e acabam procurando um neurologista, por exemplo, e ele, se for o caso,  também faz o encaminhamento da criança para avaliação", explica Priscila.

E se for exagero?

Para Priscila, exageros podem ocorrer, devido à insegurança e à própria ansiedade dos pais. No entanto, para ela, é preferível pecar pelo excesso que pela falta. "Há situações em que, se os adultos não procurarem ajuda no momento certo, podem colocar em risco o desenvolvimento da criança", alerta.

Após o encaminhamento, a atenção total do profissional é essencial para um diagnóstico preciso. É necessário estar atento não só ao comportamento do paciente, mas ao ambiente familiar e ao contexto social em que a criança está inserida.

avaliacao psicologica infografico

Portanto, é necessário que, além da observação, o profissional também realize entrevistas com os responsáveis.

Saiba Mais
Entenda por que brincar com os filhos melhora o desempenho escolar
DHA: Suplemento alimentar ajuda no desenvolvimento cognitivo
Entenda como funciona o desenvolvimento da linguagem

Após se obter o laudo de uma avaliação neuropsicológica, os pais, a escola e todos os profissionais envolvidos com a criança devem ter muito cuidado com o uso que será feito desse documento. "Que não sirva de rótulo ou sentença para uma criança", diz Priscila.

Quando os pais estão inseguros sobre a necessidade da avaliação, é preferível que eles conversem com um profissional. Além disso, um acompanhamento não é, necessariamente, sinônimo de problema, mas, sim, um auxílio no desenvolvimento da criança.

A avaliação psicológica pode detectar problemas que demandam tratamentos simples, mas que refletirão diretamente na qualidade de vida familiar.

Seu filho já passou por esse tipo de avaliação? A busca pelo acompanhamento psicológico foi válida? Comente e compartilhe sua experiência com outros leitores do Vivo Mais Saudável!

TAGS
comportamento infantil
traumas
criança antissocial
desenvolvimento escolar

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ