Psicologia Infantil

31/08/2015 02:20 - Atualizado em 02/12/2016 02:39

Saiba escolher livros para crianças de acordo com a faixa etária

A partir da leitura, pais podem abordar assuntos polêmicos de forma mais tranquila.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O hábito da leitura é divertido e instigante em todas as fases da vida. Os livros para crianças, com figuras atrativas e palavras de fácil entendimento, despertam a vontade de compreender a língua escrita, acompanhando o desenvolvimento dos pequenos pela infância até a adolescência.

Os benefícios da leitura já começam no contato com as imagens coloridas que os livros infantis trazem. Elas são estimulantes e aumentam o desejo. “A leitura transporta a todos, não só as crianças, a um mundo de ficção, onde tudo é possível”, comenta Mônica Fernanda Neukamp Wille, psicóloga.

O costume de ler incentiva que a criança crie, imagine e vislumbre ações que seriam impossíveis na sua realidade. “Todas as crianças fantasiam em suas brincadeiras e a leitura ajuda-as a ampliar esse faz de conta, ajuda a dar asas à imaginação”, define.

menino e menina deitados no sofa lendo livros para criancas

Como escolher livros para crianças?

É preciso ter noção do desenvolvimento da criança. “Ela vai mudando seu estilo de livro conforme vai crescendo, e como cada indivíduo é único, cresce de forma e em tempos diferentes”, destaca Mônica.

Para saber se a história é indicada para o pequeno, é indispensável a leitura prévia feita pelos pais. “Já li muitos livros infantis bonitos, com boas imagens, formato e diagramação perfeitos, mas que traziam histórias preconceituosas, ou com informações e valores que não julgo adequados a crianças”, alerta.

Como cada família tem valores e crenças diferentes, é indispensável a seleção conforme a sua preferência. Alguns livros trazem a sinopse na contracapa, o que pode facilitar a escolha. Vale também ir a livrarias com seções específicas e completas. Nessas lojas, vendedores especializados podem dar boas sugestões.

Saiba Mais
Brincadeiras também são atividades para educação infantil
Jogos infantis são uma brincadeira fundamental
Teatro infantil estimula a criatividade e a perda da timidez

É essencial a criação da prática da leitura, mesmo por crianças não alfabetizadas. Elas podem e devem folhear livros, sempre com algum adulto presente no momento. A partir daí, cria-se um vínculo essencial para o enriquecimento mental da criança.

Os pequenos em idade pré-escolar podem apreciar obras com frases curtas e imagens divertidas. “Eles não se fixam por muito tempo nas palavras e querem ver as imagens”, afirma. Isso se dá pela facilidade em entender a história pelos desenhos e fotografias.

Os livros para crianças recém-alfabetizadas podem ter mais frases, mas nada muito longo. Escolha opções fáceis de entender, mas que garantam desafio. “Elas estão aprendendo e estão ávidas para ler tudo o que veem na frente”, salienta Mônica.

Conforme o aumento da capacidade de leitura, a quantidade de textos dos livros podem ir aumentando. O importante é sempre apostar na escolha de livros com imagens divertidas e autoexplicativas. Elas garantem ainda mais diversão para o momento.

livros para criancas pai e filha lendo

Temas polêmicos nos livros para crianças

Alguns temas considerados polêmicos podem ser introduzidos através da leitura. Sexualidade, preconceito e discussões podem ser alguns deles. “Precisamos lembrar que é importante abordar o assunto e esclarecer as dúvidas e questionamentos das crianças”, destaca a especialista.

O momento de conversa, porém, deve ser divertido e encarado como bate-papo. “Vale lembrar que refletir com as crianças é um pouco mais complexo que com os adultos. Elas entendem o que falamos, mas não pode ser 'show de moral'", esclarece.

Quais são os livros favoritos do seu filho? Conte para nós! E aproveite para conferir mais dicas de bem-estar e orientação infantil aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
literatura
educação infantil
alfabetização
aprendizado

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ