Psicologia Infantil

10/12/2015 12:03 - Atualizado em 03/12/2016 08:08

Idade escolar: Crianças precisam aprender na época certa

Além da idade, outros fatores devem ser considerados na hora de botar a criança na escola.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dúvida de muitos pais na hora de matricular os filhos na escola é saber qual a época certa para isso. Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, alterada em 2013, a idade escolar obrigatória para ingresso na Educação Básica é de 4 anos. Porém, outros fatores também devem ser considerados. Saiba mais a seguir.

Qual é a idade escolar adequada?

Segundo a psicopedagoga Amélia Santos, do ponto de vista pedagógico, a idade escolar adequada não depende apenas da idade cronológica. É preciso levar em consideração o ambiente familiar, as necessidades da criança e também o tipo de escola a ser frequentada, que deve adequar as atividades conforme a fase do pequeno.

criança em idade escolar estudando

O mais importante é oferecer atividades que permitam a experimentação por conta própria, seja na escola ou em casa. “A criança precisa de oportunidades para se desenvolver, e se os pais são muito atarefados e não conseguem possibilitar ambientes variados e interações com outras crianças, talvez o melhor seja colocar o filho na escola”, explica Amélia.

Por lei, a matrícula em uma instituição de ensino é obrigatória a partir dos 4 anos. O Ministério da Educação (MEC) reduziu, em 2013, de 6 para 4 a idade escolar mínima obrigatória para ingresso na Educação Básica. A alteração foi incluída na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, e pais e escolas têm até 2016 para se adaptar.

Estudo indica a melhor idade escolar

Um estudo patrocinado pelo governo americano e liderado pelo psicólogo James Griffin comprovou que frequentar a escola mais cedo, antes do início da Educação Básica ou do Ensino Fundamental, pode trazer benefícios para a aprendizagem no decorrer da vida escolar.

Os pesquisadores monitoraram 1,3 mil crianças, desde a maternidade até os 12 anos, a cada quatro meses. Metade delas ficou em casa até os 5 anos, somente com os cuidados da mãe ou de uma babá, enquanto a outra parte frequentou a escola.

Saiba Mais
Ansiedade infantil prejudica o rendimento escolar
Veja como criar um bom relacionamento entre pais e filhos
Entenda como funciona o desenvolvimento da linguagem

Até a pré-adolescência, os dois grupos fizeram provas para medir o desempenho, e os estudantes enviados à pré-escola se saíram melhor em todas as disciplinas testadas.

A pesquisa também revelou que a idade escolar mais indicada é a partir dos 3 anos, pois é quando a escola se torna mais proveitosa. Antes disso, o mais importante para o desenvolvimento intelectual do pequeno é o afeto e a atenção individual. Depois dessa fase, estar num ambiente com outros adultos e crianças se torna mais benéfico, estimulando o aprendizado ao longo do restante da vida escolar.

Com isso, o estudo concluiu que o cenário mais favorável para o desenvolvimento saudável da criança a partir dos 3 anos combina dois fatores: um ambiente familiar com atenção e estímulos e a participação adequada da escola, independentemente dos anos de vida.

O que você achou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar para toda a família aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
vida escolar
aprendizagem
desenvolvimento infantil
estudos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ