Psicologia Infantil

29/07/2014 09:00 - Atualizado em 02/12/2016 03:58

Filhos que falam palavrões: Veja como lidar com o problema

Crianças costumam reproduzir palavrões utilizados pelos pais.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Uma das experiências mais emocionantes no desenvolvimento de uma criança são as primeiras frases que ela pronuncia. É motivo de orgulho mostrar seu filho para os amigos e ele começar a tagarelar diversas palavras, mesmo que elas ainda não tenham uma sequência tão lógica e não formem frases com muito sentido. E se, no meio delas, surgirem alguns palavrões?

Criança usa palavrões ao imitar adultos

Para uma pessoa adulta, o uso de palavrões está normalmente relacionado a uma forma de expressar sentimentos de forma mais intensa. Para a criança, o uso deste tipo de linguagem começa inicialmente por mera imitação. Ela ouve alguém que fala aquilo e percebe que a reação das outras pessoas é diferente ao escutar este tipo de coisa e passa a fazer igual.

palavrões
Na maioria dos casos, criança que fala palavrões não faz nem ideia do que se trata. Foto: Shutterstock

6 maneiras de lidar com os palavrões na infância

Fique calmo: é normal que seu filho fale alguns palavrões logo na infância. Na maioria dos casos, ele não faz nem ideia do que se trata. É importante você não perder o controle da situação nestes momentos.

1. A primeira atitude que pode ser testada é simplesmente ignorar o palavrão. Faça de conta que não ouviu ou deixe que passe despercebido. Isso pode fazer com que seu filho perca o interesse neste tipo de vocabulário. Muitas vezes, reprovar a palavra feia pode servir como um incentivo para que ele possa chamar a sua atenção e, se você der muita importância, pode ser usada com maior frequência. 

2. Não ria dos palavrões que seu filho pronunciar, por mais que em algumas situações eles possam ser muito engraçados. Lembre-se que, quando você ri, dá margem para que a criança volte a falar para tentar agradar aos pais.

3. Cuidado com o que é falado em casa. Se você e os outros adultos que convivem com a criança costumam pronunciar muitos palavrões, seu filho vai pensar que isso é algo normal e vai agir de maneira semelhante. Quando ocorrer dele falar algum nome feio, busque corrigi-lo de maneira tranquila. A exposição da criança não é benéfica para ela, então não faça com que seu filho se sinta envergonhado pelo erro que cometeu.

4. Não se preocupe em explicar o significado do palavrão para crianças pequenas. Apenas mostre a elas que as palavras não devem ser ditas nem em casa e nem no convívio em outros ambientes, como a escola.

5. Não permita que a criança ganhe o que quer quando ela utiliza palavrões para fazer o pedido. Não adianta nada você repreender a criança por ter falado algum nome feio para pedir um chocolate e, mesmo assim, você dar um chocolate a ela.

6. Provavelmente, você será questionado sobre o fato de as outras pessoas fazerem uso deste tipo de linguagem. Tente explicar para a criança que ouvir e falar palavrões são coisas diferentes. Para crianças menores, que ainda não tem essa concepção de mundo formada, o ideal é que você peça para os outros evitarem o uso dessas palavras na frente da criança.

Vivo Orientação Infantil: Dicas de Cris Polis sobre comportamento para ajudar seu dia a dia

E aí, gostou do artigo? Então deixe seu comentário e compartilhe sua experiência no nosso fórum!


TAGS
crianças
crianças e palavrões
criação de filhos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ