Psicologia Infantil

04/11/2014 02:05 - Atualizado em 06/12/2016 09:11

Entenda por que brincar com os filhos melhora o desempenho escolar

Brincar com os filhos é essencial para o desenvolvimento adequado dos pequenos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você pode até achar que brincar é bobagem ou que não tem relevância, mas a verdade é que as brincadeiras são um direito infantil, estabelecido de forma universal. O lazer infantil é muito importante para o desenvolvimento da criança, mas quando os pais se dispõem a brincar com os filhos, o lado cognitivo da criança se desenvolve ainda mais.

Um dos motivos para esse desenvolvimento avançado é o fato de que quando os pais tiram um tempo para brincar com os filhos dão a eles mais liberdade e confiança, deixando que experimentem novas sensações. Além disso, nos momentos de diversão, os pais conversam com os filhos e o encontro com o vocabulário adulto exige mais do cérebro infantil.

brincar-com-os-filhos

A importância de brincar com os filhos no desenvolvimento

Um estudo publicado nos Arquivos de Medicina Pediátrica e de Adolescentes do Jornal da Associação Médica Americana analisou 675 pares de mães e bebês que faziam acompanhamento pediátrico no Centro Hospitalar Bellevue, em Nova York. Os avaliados foram divididos em 3 grupos de 225 pares cada. Um recebeu o controle básico, o outro participou de atividades de vídeo interação e o terceiro trabalhou com blocos de construção.

As mães dos grupos ativos dedicavam um horário semanal para brincar com os filhos conforme as atividades propostas pelos pesquisadores, que observavam atentos aos períodos de interação e corrigiam as falhas nas atividades. Logo no primeiro relatório os especialistas descobriram que os minutos dedicados pelas mães no hospital fizeram aumentar a interação com os filhos em casa.

Além disso, os pares que participaram do Projeto de Vídeo Interação realizaram um aumento significativo nas atividades de ensino realizadas em casa. As interações verbais também foram elevadas, o que melhora diretamente a capacidade cognitiva das crianças. Com um raciocínio mais eficaz e veloz, o aprendizado é facilitado e o desempenho escolar, também.

A conclusão final da pesquisa é de que famílias em que os pais dedicam um tempo para brincar com os filhos possuem uma interação muito mais profunda, além de que os pequenos possuem um rendimento escolar mais avançado. Houve ainda uma conclusão importante para a pediatria: as interações feitas entre pai e filho na consulta com o pediatra auxiliam no desenvolvimento da criança desde o primeiro ano de vida.

Você sabe como brincar com os filhos?

Muitos pais acham que acompanhar os momentos de brincadeira dos filhos é sentar-se e observar o que eles fazem, quando na verdade essa presença sem interações não interfere em nada no momento da criança. Simplesmente observar os momentos de lazer do seu filho tem o mesmo valor de não estar presente e certamente não é isso que você deseja.

Para brincar com os filhos da maneira correta, é preciso se entregar ao momento. Sentar no chão e brincar de casinha é, para as meninas, um momento de enorme contato com as mães, enquanto para os meninos, praticar esportes com os pais, como o futebol, é o tipo de de atividade preferida. A companhia dos pais dá segurança aos pequenos. Valorize a qualidade das brincadeiras.

Gosta das nossas dicas de psicologia e orientação infantil? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
aprendizagem
crianças
educação infantil
psicologia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ