Psicologia Infantil

29/10/2014 03:09 - Atualizado em 30/11/2016 12:52

Entenda até onde é normal a criança fazer xixi na cama

Disfunções fisiológicas e dificuldades emocionais podem levar seu filho a fazer xixi na cama.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você estava super feliz, conseguiu tirar a fralda da noite do seu filho e de quebra ainda passou a economizar um pouco - afinal, haja bolso para tanto dinheiro “molhado”, não é mesmo?! Mas depois de alguns meses o pequeno voltou a fazer xixi na cama... e agora?

Calma! O desfralde noturno é o mais complicado para as crianças e, por envolver muita ansiedade, tanto dos pais quanto dos filhos, é normal acontecer algumas escapadinhas, desde que não vire rotina.

fazer-xixi-na-cama

Hora de parar de fazer xixi na cama

Não existe uma idade certa para que a criança pare de usar fralda completamente. É importante que a mãe observe o comportamento do filho e vá ensinando o que fazer quando ele aprende a manifestar o desejo de fazer xixi ou o número 2.

O mais comum é que a fralda diurna seja eliminada entre os dois e três anos - já a noturna pode se estender até os 4 anos. Vai depender muito da criança e dos pais, que precisam acordar durante a noite para levar os pequenos no banheiro.

Fazer xixi na cama não significa apenas que os pais estejam falhando nos treinos ou que a criança fazendo por birra, como muitos pais pensam. Na verdade, é muito mais uma questão de maturação fisiológica dos músculos e do mecanismo urinário da criança do que qualquer outra coisa.

Se o seu filho costuma fazer xixi na cama eventualmente, não se preocupe. Ele pode ter tomado muito líquido ao longo do dia, não esvaziou a bexiga o suficiente antes de dormir ou ainda não conseguiu acordar do soninho bom em que estava. Mas fazer xixi na cama todos os dias pode ser sinal de algo está errado com seu pequeno.

Causas da enurese noturna

Especialistas afirmam que enurese noturna, como é chamado o ato de fazer xixi na cama, pode ser uma forma da criança comunicar aos pais de que alguma coisa está lhe incomodando emocionalmente.

Uma das possibilidades é de que a criança esteja sentido o “sofrimento” dos pais a respeito do seu crescimento. Então, ela se mostra insegura e segue fazendo xixi como forma inconsciente de mostrar que ainda é um bebê.

Mas antes de tentar descobrir o que tem afetado o coraçãozinho do seu filho, tenha a certeza de que ele não sofre de nenhuma disfunção, como diabetes infantil, infecção urinária ou mesmo um desequilíbrio hormonal. Peça ajuda para o seu pediatra, pois ele poderá orientar em todos esses pontos.

Seu filho voltou a fazer xixi na cama, e agora?

Descartadas as disfunções fisiológicas, tente descobrir o que pode estar mexendo com as emoções do seu filho. Irmãos - tanto mais velhos quanto mais novos - podem ser motivo de ansiedade e provocar a enurese noturna.

Quando o processo de desfralde, principalmente o noturno, aconteceu muito cedo, ou seja, antes de um ano e meio e sem a maturação do sistema urinário pronto, a criança pode se sentir incompetente, mesmo sem saber o que isso significa, e ter crises de ansiedade - o que explicaria o xixi na cama.

Em qualquer um dos casos, é importante que os pais mantenham a calma e tentem ajudar a criança. Jamais coloque a culpa nela. Explique que isso aconteceu sem ela querer e que o papai e mamãe estão ali para ajudá-la da próxima vez.

Pronta para ajudar seu filho a superar essa fase? Então, deixe um comentário e não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
crianças
comportamento infantil
ansiedade
disfunção

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ