Psicologia Infantil

15/03/2015 11:12 - Atualizado em 02/12/2016 02:30

Entenda a importância do acompanhamento psicológico

Acompanhamento psicológico é fundamental para as crianças dentro e fora do ambiente escolar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A realidade da educação no Brasil é precária. Milhares de alunos sofrem com a falta de acompanhamento psicológico dentro do ambiente escolar.

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) mostram que uma em cada oito crianças brasileiras de até dez anos mora em regiões dominadas pelo tráfico. Além disso, muitas delas tiveram os pais envolvidos com drogas ou assassinados por relações com bandidos.

Esse retrato de um país violento acaba sendo refletido na escola. A infância é bastante prejudicada, causando transtornos psicológicos que comprometem o desenvolvimento e o rendimento das crianças. Conheça por que é tão importante o acompanhamento psicológico e como ele pode mudar a realidade da educação brasileira.

acompanhamento psicologico

Prejuízo por falta de acompanhamento psicológico

Uma pesquisa feita pela Fundação Lemann avaliou o trabalho dos professores da rede pública no Brasil. De acordo com os resultados, obtidos por entrevistas com mil profissionais, os maiores problemas que dificultam a educação nacional são a falta de acompanhamento psicológico para estudantes e a indisciplina, em suas diversas manifestações.

A violência no país é tanta que 40% das crianças que moram em favelas do Rio de Janeiro e do Recife já viram um adulto usando arma de fogo. Segundo dados do Centro de Análises Econômicas e Sociais (Caes), da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, a violência nas comunidades afeta a infância de forma grave.

Nas favelas, geralmente controladas por traficantes, as crianças são recrutadas a partir dos oito anos de idade para trabalhar com eles. Depois de envolvidas com o crime, dificilmente retornam à escola ou, quando muito, atingem a idade adulta.

Na rua e na fuga, as crianças encontram as poucas possibilidades de sobreviver. É por isso que, no ambiente escolar, um acompanhamento psicológico adequado pode mudar essa realidade.

Acompanhamento psicológico traz benefícios

Quem pensa que as crianças de áreas perigosas do país são as únicas que merecem acompanhamento psicológico, não sabe como esse tipo de terapia pode ajudar em casos de bullying, desestruturação familiar, transtornos de aprendizado e questões emocionais.

Profissionais preparados devem estar disponíveis para conversar com os pequenos e lidar com suas dificuldades.

Ainda na infância, são moldados conhecimentos e práticas que perdurarão por toda a vida. Pensando nesse viés, psicólogos afirmam que é necessário prestar atenção aos pequenos e dedicar-se a entender suas dificuldades.

Saber o que pensam e quais são os seus sonhos, explorar seus potenciais e compreender por que acham tal ou qual atividade difícil faz com que se conheça mais a fundo cada pequeno indivíduo.

Na escola, o papel dos professores é ajudar a criança a aprender questões mais práticas e lógicas, com lições divididas em competências curriculares. No entanto, por meio da convivência, eles percebem tendências e comportamentos que os deixam alertas para potenciais problemas.

É nesse momento que entra o psicólogo escolar. Ele trabalha o emocional dos pequenos e auxilia no trato de situações que podem estar ocorrendo em casa.

Pesquisas da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) concluíram que, quando são compreendidas, as crianças passam a entender melhor o outro. Assim, acabam criando vínculos de relacionamento e melhoram sua autoestima. No futuro, os reflexos são percebidos em um adulto mais seguro e forte.

Gostou das dicas de bem-estar infantil? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
terapia
ambiente escolar
estudos
desenvolvimento infantil

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ