Psicologia Infantil

06/02/2015 02:20 - Atualizado em 24/11/2016 03:15

Conheça os cuidados necessários para o uso do sling

O sling é permitido desde os primeiros dias de vida do bebê, mas é preciso cuidado para utilizá-lo corretamente.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já ouviu falar em sling? Ele funciona como uma tipoia de tecido para carregar o bebê junto ao corpo. O acessório pode ser uma ótima opção para quem quer fazer outras atividades sem precisar carregar a criança no colo, pois deixa as mãos livres. A opção é muito prática e traz benefícios tanto para os pais quanto para o bebê.

sling

O sling é um tecido envolvido nos ombros e nas costas, no qual o bebê é colocado como se estivesse em uma rede. Conforme a criança vai crescendo, ela pode ser colocada sentada, com as pernas para dentro ou para fora. E o acessório não é só para a mãe carregar o bebê: o pai também pode utilizar e aproveitar os benefícios.

Algumas pessoas acham que o sling pode causar dor nas costas ou desconforto. A verdade é que ele distribui muito melhor o peso da criança sobre os ombros e as costas. O risco de dor é bem menor que a opção de carregar o bebê no colo. Além disso, os pais não cansam os braços e ficam com os membros livres para fazer o que quiserem.

Benefícios de usar o sling

Além de ficar com as mãos livres para realizar outras tarefas, utilizar o sling traz uma série de outros benefícios para pais e crianças. Com o balanço dos movimentos do corpo, o calor, o aconchego, a proximidade da mãe ou do pai e as batidas do coração, o bebê recém-nascido se sente de volta ao útero e fica muito mais calmo.

Outro benefício identificado por quem utiliza o acessório é a diminuição dos choros do bebê. Ficar próximo ao corpo do adulto faz com que a criança se sinta mais protegida e amparada, chorando menos. Também evita o refluxo e as cólicas, pois carregar o bebê na tipoia favorece a digestão do pequeno.

A posição em que o bebê fica também ajuda no seu desenvolvimento. Ao ver tudo a sua volta na mesma altura que os pais, a criança tem a oportunidade de interagir mais. O sling proporciona outro ponto de vista, pois, quando está no carrinho, o bebê só enxerga os joelhos dos adultos.

Indicações e contraindicações do sling

O bebê pode ser carregado no acessório desde os primeiros dias de vida até completar cerca de um ano. O tempo varia de acordo com o tamanho de cada criança. Porém, é importante ter cuidado com o jeito que o bebê será colado na tipoia, evitando que ele se sinta incomodado ou até que se machuque.

O sling não é mais indicado quando o bebê tiver mais de 10% do peso de quem o carrega. Também não se deve trocar a cadeirinha de segurança do carro pelo acessório, pois ele não oferece a mesma segurança para o transporte em um veículo.

Por último, sempre é bom reforçar, nunca cozinhe ou faça outras atividades perigosas com o bebê no sling.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
bebês
primeiros dias
acessório para bebês
pais e filhos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ