Psicologia Infantil

22/08/2015 08:09 - Atualizado em 04/10/2016 09:39

Como comemorar o Dia do Folclore em sala de aula

Inicialmente pensada como culto à identidade nacional, hoje a data celebra a diversidade dos povos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O dia 22 de agosto é a data reservada em todo o mundo para a celebração do Dia do Folclore. A comemoração nasceu na Grã-Bretanha exatamente há 169 anos.

Neste dia, em 1846, o arqueólogo William John Thoms criou o termo “folk-lore”, a partir dos vocábulos “folk” ("povo") e “lore” ("conhecimento"). O inglês era pesquisador da cultura do Velho Continente e por meio de um artigo na revista The Athenaeum, de Londres, defendeu o estudo e o estímulo às manifestações espontâneas e tradicionais de cada nação do planeta.

No Brasil, ainda no século 19, os estudiosos Sílvio Romero, Amadeu Amaral e Celso de Magalhães promoveram pesquisas e publicaram ensaios sistemáticos sobre o folclore nativo. O Dia do Folclore foi oficializado em terras tupiniquins em 1965, com um decreto assinado pelo então presidente Humberto de Alencar Castelo Branco e pelo Ministro da Educação e Cultura da época, Flávio Suplicy de Lacerda.

dia do folclore artesanato

Identidade nacional

Entre os anos de 1947 e 1964, houve uma expressiva mobilização de intelectuais interessados em promover ações culturais e políticas voltadas para a proteção ao folclore nacional. Eles criaram o Movimento Folclórico Brasileiro, que tratava o assunto não apenas como objeto de estudo e pesquisa, mas como referência para a definição da identidade nacional.

Saiba Mais
Sambar na terceira idade é bom para o corpo e mente
Carimbó + kuduru = samba? Aprenda a gingar para o Carnaval
Relaxe com 3 cachoeiras em Minas Gerais

Entre as ações, em 1958, ocorreu a instalação da Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro, vinculada ao Ministério da Educação e Cultura. Sem grandes aportes financeiros durante o regime democrático, ganhou incentivo e foi utilizada como estratégia política pelo governo militar. Mais de 40 museus do folclore foram abertos em todo o país.

A campanha vitoriosa pela instituição do Dia do Folclore estimulou em todo o território nacional, a realização de programações comemorativas alusivas à data, que duravam semanas. O sentimento de nacionalismo defendido pelas lideranças do regime militar era apropriado ao discurso folclórico.

dia do folclore carnaval

Como comemorar o Dia do Folclore

Atualmente, há uma intensa discussão sobre a forma correta de contextualizar o folclore em sala de aula. A corrente de pensamento mais aceita é pelo desenvolvimento dos estudos durante todo o ano letivo, e não apenas no mês de agosto.

A metodologia consiste na adequação dos currículos escolares às manifestações da cultura regional. Os estudantes devem ser estimulados a pesquisar sobre as suas origens e inserção na sociedade contemporânea como forma de fortalecimento da identidade e do respeito às diferenças.

Quais são as manifestações folclóricas da sua região que você mais admira? Dança, artesanato, comidas típicas? Conte para nós nos comentários! E continue ligado no Vivo Mais Saudável para conferir outras dicas de bem-estar e qualidade de vida.

TAGS
cultura
história
identidade
sociedade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ