Psicologia Infantil

13/02/2015 01:44 - Atualizado em 21/11/2016 03:53

Chegada de um segundo filho pode causar ciúme no mais velho

O segundo filho ocupa um espaço que, antes, era só do primogênito. Saiba como preparar a criança.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já é mãe de uma criança pequena e, junto com seu companheiro, decidiu que está na hora de ter um segundo filho. Como preparar o pequeno para a chegada de um novo membro à família, um irmãozinho que vai demandar muita atenção dos pais?

Talvez ele aceite tranquilamente a chegada do caçula, entendendo que ganhará um companheiro para brincar. Porém, e isso é bastante comum, ele pode ter dificuldade para lidar com a situação, desenvolvendo ciúme e um comportamento difícil. 

segundo filho

Imagine a cabecinha do pequeno. Ele sempre foi o queridinho da família. Tinha várias regalias, ganhava presentes e toda a atenção dos pais, dos avós e demais familiares. Com a chegada do segundo filho, esse cenário muda radicalmente: ele não é mais o bebê da casa e, nos primeiros meses, o irmãozinho precisará de muitos cuidados e atenção

Há, ainda, os casos em que é preciso dividir quarto - nem vamos mencionar os brinquedos! Para uma criança, se os pais não souberem prepará-la bem antes da chegada do novo bebê, isso pode resultar em um conflito bastante difícil.

A chegada do segundo filho

Não é uma tarefa fácil, mas é possível preparar a criança para a chegada do segundo filho. Uma das primeiras atitudes é envolver o primogênito em todas as atividades referentes à gravidez e à chegada do irmãozinho. É importante conversar muito durante a gestação e explicar que o bebê vai precisar de atenção, pois não consegue fazer nada sozinho.

Se o irmão mais velho for convidado a ajudar, ele irá se sentir importante no processo e verá que não está sendo deixado de lado, mas que já é "grande" e responsável. Também é interessante mostrar para ele fotos de quando nasceu, explicando que o irmão mais novo precisará passar por tudo o que ele já passou.

Tocar a barriga da mãe diariamente é outra parte importante, na qual os pais explicam como era quando a criança estava dentro da barriga e como funciona a gestação. Tudo isso, porém, deve estar embasado em um ambiente de muito amor e carinho, nunca de brigas e discórdia.

Segundo filho: Como contar

A hora de dar a notícia da vinda do segundo filho também deve ser bem preparada. A maneira como isso é feito vai fazer bastante diferença, então é importante escolher bem o momento, garantindo que o pequeno se sinta seguro e feliz com a notícia.

Uma forma de lidar com a situação é lembrar que o mais velho terá alguém com quem brincar. Ele também pode ajudar na escolha do enxoval ou do berço do bebê - só tome cuidado com as chantagens emocionais, do tipo "também quero", pois são bem comuns.

Em casos difíceis, a criança pode apresentar birra e comportamentos infantilizados, que não condizem com a idade dela. Isso pode ser uma tentativa de chamar atenção dos pais, principalmente após o nascimento. Se o diálogo não resolver, é bom procurar a ajuda de um psicólogo infantil.

Gostou das dicas de como se preparar para a chegada do segundo filho? Deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligada em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
relações familiares
irmãos
segunda gravidez
pais e filhos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ