Psicologia Infantil

11/05/2015 03:22 - Atualizado em 10/12/2016 06:07

Brincadeiras também são atividades para educação infantil

Inteligência e coordenação motora são desenvolvidas com jogos e brincadeiras lúdicas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Que aprender brincando é possível, você já deve saber. Mas você entende como as atividades para educação infantil contribuem no aprendizado dos pequenos? Elas desenvolvem potencialidades nas crianças, ajudando a desenvolver os aspectos físicos, emocionais, cognitivos, sociais e motores.

Qualquer interação entre o adulto e a criança de forma divertida e prazerosa pode ser considerada lúdica e ideal para a educação infantil. O objetivo das atividades deve ser integrar o momento da brincadeira com pensamentos e sentimentos que desenvolvam a sensibilidade e o aprendizado.

Saiba como essas atividades funcionam para o intelecto dos pequenos e conheça dicas de brincadeiras.

atividades para educacao infantil

Os benefícios das atividades para educação infantil

Durante a realização de atividades para educação infantil, a criança consegue se expressar, assimilando conhecimentos e construindo uma nova perspectiva sobre as situações cotidianas. Além disso, com a experiência e o aprendizado, ela consegue adquirir novos gostos e interesses, o que modifica sua própria realidade e seu comportamento.

Logo nos primeiros anos de vida da criança, ela começa a desenvolver sua própria identidade, além de ganhar estatura física, interagir e conquistar sentimentos afetivos e intelectuais. Para esse período, o ideal é que sejam realizadas atividades para educação infantil que consigam estimular as capacidades psicossociais e desenvolvam as competências e os talentos.

Entre o nascimento e os cinco anos de idade, as crianças passam por uma fase de ampliação de experiências e de conhecimento, sendo bastante estimuladas pela vida social e pelo exemplo dos pais.

Para contribuir com o bom desenvolvimento delas, as atividades para educação infantil podem trabalhar valores como liberdade, cooperação, respeito e solidariedade.

atividades para educacao infantil

Brincar de quê?

Sabe aqueles mesmos jogos com os quais você se divertia na infância? Eles podem ser muito especiais também para o seu filho. Dominó, jogo da memória, quebra-cabeça ou pega-varetas estimulam a região do cérebro responsável pelo aprendizado e pela coordenação motora.

O jogo da memória desenvolve a atenção e, como o nome diz, a memória de curto prazo, que utiliza informações recentes na execução de uma ação. Além disso, estimula as áreas responsáveis pela organização visual e espacial da criança.

O dominó e o quebra-cabeça trabalham mais as funções relacionadas ao planejamento e ao pensamento estratégico, fundamentais para conseguir estabelecer e cumprir objetivos. O pega-varetas, por outro lado, trabalha a coordenação e a motricidade fina.

Os jogos podem ser praticados de forma individual ou coletiva. Aqueles de montar, encaixar peças, organizar formatos, colocar itens em sequência ou diferenciar cores e tamanhos podem ser feitos individualmente. Assim, as crianças estimulam a inteligência cognitiva e aprendem a respeitar os padrões físicos dos brinquedos para que eles se encaixem.

Quando jogados em grupo, os jogos proporcionam o desenvolvimento da inteligência voltada à ética e à capacidade de se relacionar. É assim que as crianças entendem o que podem ou não fazer, tendo maior noção de limites. Em alguns momentos elas perdem e, em outros, ganham. Desse modo, procuram maneiras e estratégias de conquistar seus objetivos.

Desenvolver essas capacidades com as atividades para educação infantil possibilita que a criança crie competências que perdurarão por toda a vida.

Qual a brincadeira favorita do seu filho? Conte nos comentários! E você também pode conferir aqui no Vivo Mais Saudável dicas de alimentação infantil.

TAGS
brincar
atividades lúdicas
recreação
inteligência

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ