Psicologia Infantil

16/02/2015 11:52 - Atualizado em 01/12/2016 02:52

Aparelho auditivo amplifica e melhora a qualidade do som

Existem diferentes tipos de aparelho auditivo, indicados de acordo com as necessidades de cada pessoa.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Uma das maneiras de melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência é com o uso do aparelho auditivo. O aparato possibilita uma melhora considerável na capacidade da audição. Existem diferentes estilos de aparelhos, que são indicados de acordo com as necessidades de cada pessoa. Conheça mais.

aparelho auditivo

Como funciona o aparelho auditivo

O aparelho auditivo é um sistema de amplificação em miniatura. Todos os tipos possuem os seguintes componentes: microfone, amplificador, receptor em forma de minialto-falante, molde que se encaixa no canal auditivo - por onde os sons são transferidos para o tímpano - e um tubo de plástico que conduz o som do aparelho para o molde.

Os modelos mais modernos podem conter ainda um circuito integrado com um chip de alta velocidade de processamento de som. Esse equipamento permite que o usuário faça ajustes automáticos para melhorar a qualidade e a intensidade do som que escuta.

A principal função do aparelho auditivo é melhorar a compreensão da fala em várias situações, dando apoio a diversas funções do sistema auditivo humano, como localização sonora.

O aparelho é desenvolvido para aumentar o volume dos sons que são escutados. Ele pode tornar os sons baixos mais audíveis e atenuar os sons mais altos, oferecendo conforto auditivo em ambientes com ou sem ruídos.

Vale destacar que nenhum tipo de aparelho auditivo tem a capacidade de resolver todos os problemas auditivos ou restaurar totalmente a audição normal. Eles possibilitam apenas uma amplificação da audição, fazendo com que a pessoa possa ouvir melhor.

Tipos de aparelho auditivo

Existem várias opções de aparelhos auditivos, com diferentes estilos e recursos. Cada equipamento é feito de forma que facilite o uso e o ajuste às necessidades individuais da pessoa. Em geral, podem ser usados de duas formas: dentro da orelha ou atrás dela.

O aparelho auditivo ITE (in-the-ear), também chamado de intracanal ou customizado, é produzido individualmente de acordo com o tamanho do canal auditivo do usuário. Ele é indicado para perdas auditivas de grau leve a severo, podendo ficar completamente dentro do canal auditivo ou preencher toda a parte da concha da orelha.

Já o modelo BTE (behind-the-ear), também conhecido como retroauricular ou convencional, pode variar bastante de estilo. Existem modelos que possuem dois ou três sistemas de microfone direcional, possibilitando uma melhor compreensão dos sons em situações com ruídos.

O retroauricular é indicado para todos os tipos de perda auditiva, sendo uma opção versátil e conveniente, que oferece maior potência e mais facilidade de manuseio.

Para saber qual modelo escolher, é preciso consultar um profissional qualificado. Apenas ele é capaz de fazer uma avaliação correta e identificar o grau de perda auditiva de uma pessoa. Com isso, será indicado o melhor tipo de aparelho de acordo com as necessidades do usuário.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
surdez
deficiência auditiva
tratamento
indicações

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ