Psicologia Infantil

10/12/2015 10:41 - Atualizado em 10/11/2016 09:44

Animais de estimação são a companhia certa para o seu filho

Os cuidados com o bichinho estimulam o senso de responsabilidade e vários outros sentimentos dos pequenos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Além de ser uma boa companhia para as crianças brincarem e se divertirem, os animais de estimação também ajudam a desenvolver o senso de responsabilidade, a autoestima e a educação sentimental dos pequenos. Com o bichinho, desde cedo as crianças também aprendem a respeitar os animais e a natureza, desenvolvendo a consciência ambiental.

Porém, antes de levar um animalzinho para casa, vários fatores devem ser levados considerados. Ter um ambiente adequado e tempo para os cuidados que o bichinho demanda são alguns deles. Saiba mais a seguir.

menino abraça um cachorro, um de seus animais de estimação

Benefícios dos animais de estimação

Ter animais de estimação significa reservar um momento todos os dias para os cuidados com o bichinho, sem contar os gastos com ração, remédios, vacinas e visitas ao veterinário. Por outro lado, além das mudanças na rotina e no orçamento, um cachorrinho ou um gato pode trazer muitas alegrias para o ambiente familiar, principalmente para as crianças.

É preciso avaliar os prós e os contras de ter um bichinho. Segundo a psicopedagoga Amélia Santos, os benefícios da convivência entre a criança e o animal geralmente superam as razões para não ter um pet em casa, pois a relação é saudável e ajuda no desenvolvimento dos pequenos.

“O convívio com os animais de estimação faz a criança exercitar constantemente o senso de responsabilidade. Além disso, ela passa a lidar com sentimentos como a autoestima, a alegria, a tristeza, a frustração, a tolerância e a compreensão”, explica Amélia.

Em alguns casos específicos, ter animais de estimação se torna ainda mais benéfico. A psicopedagoga afirma que “quando os pais trabalham muito e as crianças ficam muito sozinhas, um bichinho faz companhia e estimula o desenvolvimento afetivo. Outro caso é quando há irmãos que brigam muito, pois o bichinho torna-se o foco de atenção e ajuda a melhorar o relacionamento entre as crianças”.

Cuidados na hora de escolher o amiguinho

Muitos pais se perguntam quando é a idade ideal para ter um animal de estimação, mas isso varia muito de acordo com cada criança e também com o tipo de bicho escolhido. No caso do cachorro, por exemplo, crianças de 3 e 4 anos podem tê-los, pois elas já possuem habilidades motoras e são capazes de entender o que podem e o que não podem fazer.

Saiba Mais
Mantenha a disciplina das crianças sem ser autoritário
Aproveite o recesso escolar com programas em família
Entenda por que brincar com os filhos melhora o desempenho escolar

Para as crianças menores, pássaros e peixes são boas opções, pois não exigem muitos cuidados e os pequenos podem ajudar com a limpeza e a alimentação.

Os gatos são criaturas limpas, carinhosas e que proporcionam tranquilidade, mas também são independentes. A criança já deve ter um senso de tolerância e compreensão para tê-los, sendo essa uma opção indicada a partir dos 3 anos.

Independentemente desses cuidados, cabe aos pais avaliar se o filho está pronto para ter o bichinho ou não. Além disso, eles devem estar dispostos a ajudar nas tarefas, principalmente as que exijam maior compromisso com os horários, como dar comida ou remédio. Já as atividades mais simples devem ser atribuídas aos poucos para as crianças, como pentear o pelo do animal e trocar a água.

Outra precaução é só adotar ou comprar um bichinho quando se tem certeza de que é possível lidar com todas as responsabilidades que isso implica. O animal não é um brinquedo que serve para algumas horas e depois é deixado de lado. Amélia aponta que nem sempre o convívio é fácil, mas esses momentos também devem ser usados para a educação dos filhos.

E seus filhos, têm um animal de estimação? Deixe um comentário! Aproveite também para conferir outras dicas de bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
pet
cuidados com animais
desenvolvimento infantil
animais domésticos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ