Psicologia Infantil

24/07/2014 09:00 - Atualizado em 09/12/2016 08:28

Agressividade na adolescência deve ser tratada com cautela

Entenda as causas da agressividade na adolescência e saiba como lidar em casos extremos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A partir dos 12 anos de idade, a pessoa começa a enfrentar situações completamente novas, ou então passa a encarar outras, já conhecidas, de maneira diferente. É necessária muita atenção dos pais nesse período, porque a formação da personalidade ainda está em constante mudança, então alguns costumes adquiridos nessa fase podem perdurar durante toda a vida. A agressividade na adolescência é um problema que acontece com uma boa quantidade de jovens e, geralmente, pai e mãe não estão muito bem preparados para lidar com isso.

Agressividade na adolescência merece atenção dos pais

É normal ouvir falar de adolescentes como pessoas chatas, sempre de mau humor e revoltadas com o mundo. Mas há uma diferença entre essa estranheza típica da idade e a reação violenta a alguns eventos que poderiam ser tranquilamente contornados de outra maneira. Ela pode ser desencadeada por inúmeros motivos, como estresse, perda de alguma pessoa próxima, bullying, separação dos pais e inseguranças normais da idade.

agressividade-na-adolescencia 

Formas de lidar com a agressividade na adolescência

Se você é pai e está preocupado com isso, veja algumas das nossas dicas para lidar com a agressividade na adolescência:

Conversa

A melhor maneira de prevenir qualquer transtorno psicológico ou outro problema que o filho possa ter, incluindo aí a agressividade na adolescência, é manter uma relação muito próxima com ele. Pais que não conversam com os seus filhos não conhecem suas angústias, seus medos e seus desejos.

Assim, quando surge uma situação de violência envolvendo o filho, são pegos de surpresa e não sabem como reagir. Mantenha sempre um canal de diálogo com o jovem, assim você poderá aconselhá-lo em situações com as quais ele não está acostumado a lidar e, por isso, pode achar que a violência é uma saída.

Exemplo

É evidente que os filhos copiam muitos dos comportamentos de seus pais. Esse conselho pode parecer óbvio, mas é sempre mais fácil notar um defeito em outra pessoa do que em si mesmo. Se você não quer que o seu filho tenha ações violentas, não seja violento você também. Reveja o seu comportamento e reflita quais aspectos podem não ser um bom exemplo para o adolescente.

Limites

Um pai responsável precisa impor limites ao seu filho desde o nascimento até a sua completa independência. Uma criança ou um adolescente sem nenhuma regra a seguir vai achar que pode tudo e, quando confrontado com uma situação adversa fora da sua casa, pode tentar impor a sua vontade à força. Certifique-se de que o seu filho sabe onde terminam os seus direitos e começam os dos outros.

Filmes e Jogos

Esse é um assunto polêmico. A nossa dica é que você não perca tanto tempo pensando em qual a influência que filmes e videogames violentos têm na cabeça de seu filho. Existem estudos que sugerem que ela existe, mas é fato que o ambiente social e familiar do jovem é muito mais decisivo para que ele desenvolva ou não um comportamento violento.

Reação

Como agir ao presenciar uma situação de violência envolvendo o seu filho? É preciso ter sensibilidade e saber contê-lo física e verbalmente quando necessário. Se você está observando à distância a interação dele com outras pessoas em uma situação potencialmente violenta, primeiro observe se ele consegue resolvê-la pacificamente, intervindo apenas se houve possibilidade de danos físicos.

Psicoterapia

Se você achar que a situação está completamente fora de controle e essas dicas não ajudarem em nada, não hesite em procurar ajuda profissional. A psicoterapia, na verdade, é recomendada também para casos mais brandos, pois o adolescente vai aprender a dar vazão e a lidar com os seus sentimentos.

Quais são as dificuldades que você tem ao se relacionar com o seu filho? Como você lida com isso? 

TAGS
filho agressivo
lidar com adolescentes

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ