Motivação

12/05/2015 09:19 - Atualizado em 06/12/2016 11:23

Valorize-se: Confira 4 dicas para aumentar a autoestima

Aumentar a autoestima e mantê-la elevada traz benefícios para a saúde e garante qualidade de vida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se já é difícil se sentir satisfeito com a aparência, aumentar a autoestima pode parecer impossível - mas não é. Existem diversas formas de se relacionar melhor consigo mesmo e aceitar suas diferenças, qualidades e defeitos. Que tal começar agora mesmo?

Se você ainda está em dúvida, entenda que é fundamental manter a estima por si mesmo em alta, afinal, ela está diretamente relacionada com a sua saúde e qualidade de vida. Saiba por que é importante aumentar a autoestima e conheça meios para deixar ela lá em cima.

aumentar a autoestima

Aumentar a autoestima faz bem à saúde

De acordo com uma pesquisa feita pelo Centro Internacional para Saúde e Sociedade, na Inglaterra, aumentar a autoestima é fundamental para a saúde. Segundo os dados da pesquisa, quem não valoriza a si mesmo tem uma tendência à redução da atividade do sistema imunológico.

Como consequência, desenvolve também um risco maior de infartos, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e doenças respiratórias e gastrointestinais. Somam-se a esses problemas quadros de estresse e depressão.

Como forma de combate, recomenda-se a prática de exercícios físicos e manter-se longe de álcool e drogas, que se configuram como meios de fuga comuns para pessoas que não estão bem consigo mesmas.

Aumentar a autoestima permite manter a saúde em dia também na visão de pesquisadores em Psicologia do Hospital Albert Einstein, no Brasil. Para eles, a pessoa que cuida de si cria hábitos saudáveis, como alimentação correta e a prática de exercícios físicos e de lazer, os quais garantem benefícios mentais e para o corpo.

Descubra como aumentar a autoestima

A R18, empresa especializada em análise de informações sociais, descobriu que as mulheres sofrem muito com a falta de valorização. Segundo o levantamento, elas são responsáveis por 81% dos posts sobre a autoestima no Facebook e no Twitter. Desses, 75% são comentários negativos.

O estudo feito em menos de duas semanas foi suficiente para obter um registro de 23.044 publicações. Neles, a palavra “feia” foi citada 16.805 vezes e 18% dos pesquisados apresentaram dificuldade em lidar com o excesso de peso ou a magreza.

Quer saber como contornar essa realidade? Confira e pratique as quatro dicas a seguir.

Fuja das críticas negativas

Crítica é construtiva, mas não pode ser depreciativa. Evite criticar a si mesma e se permita errar. Aceite os equívocos, frustre-se com o que não deu certo, mas não se torture. Entenda que você não agrada a todos e que é impossível fazer tudo da maneira correta. Se o comentário for construtivo, aprenda. Se for negativo, delete.

Faça suas vontades

Ninguém conhece você melhor do que você mesmo. Por isso, descubra aquilo que o faz sentir prazer e busque a realização dos seus sonhos e metas, mantendo os pés no chão. Tenha relacionamentos com pessoas interessantes e encontre uma forma de lazer que deixe você mais feliz.

Mude

Aquilo que está bloqueando seus talentos deve ser eliminado da sua vida. Relacionamento frustrado, emprego entediante, pessoas negativas ou rotina desgastante? Programe um meio de mudar essa realidade e conquistar aquilo que vai fazer de você uma pessoa melhor.

Seja você

Você quer ouvir elogios? Não espere eles de ninguém. Reconheça suas qualidades e defeitos, aceitando que eles fazem de você uma pessoa única. Entenda seus limites e vá atrás dos seus objetivos. Está difícil? As dificuldades diárias fazem parte do caminho para aumentar a autoestima. Você vai se sentir muito mais confiante quando vencer.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
emoções
relacionamentos
motivação
bem-estar

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ