Motivação

07/01/2016 05:00 - Atualizado em 05/12/2016 09:04

Ter uma mente aberta é indispensável no mundo atual

Olhar para o que é diferente sem preconceitos e se permitir vivenciar novas experiências são características importantes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você passa muitas horas do seu dia em grupo, seja na escola, em casa, no trabalho ou até mesmo nas redes sociais. Isso significa ter que conviver com pessoas diferentes e lidar com opiniões divergentes o tempo todo. Por isso, ter a mente aberta tem se tornado uma característica cada vez mais importante.

Ter a mente aberta quer dizer estar aberto a novas experiências, olhar para o que é diferente sem preconceitos, não julgando antes de ter a oportunidade de conhecer. Que dizer ser tolerante e paciente, ajudando a manter a boa convivência e uma relação saudável com aqueles que estão a nossa volta.

A importância de ter a mente aberta

A falta de tolerância é percebida em todos os lugares e em todos os níveis: econômica, religiosa, étnica, racial e cultural. A maioria das pessoas tem dificuldade em aceitar o que é diferente da sua realidade, caracterizando o outro como errado e o colocando em posição inferior apenas por não entendê-lo.

A intolerância cria conflitos que vão desde discussões entre vizinhos até ataques terroristas. São mentes fechadas que vivem apenas na sua zona e não se permitem conhecer ou aceitar o outro. Ter uma mente receptiva é explorar novas perspectivas, experimentar o novo sem julgamentos, praticando o respeito mútuo e melhorando a convivência com as diferenças.

Saiba Mais
Organização da casa contribui para o seu bem-estar
Karate-do: Arte marcial proporciona disciplina e bem-estar
Redes sociais podem afetar bem-estar e relacionamentos

Quando se experimenta algo já com o pensamento negativo de que aquilo não será bom, provavelmente isso se confirmará. Mas se você mantiver a mente aberta e o pensamento positivo, conseguirá tirar proveito de qualquer experiência, proporcionando benefícios para si próprio e para quem está a sua volta.

Mente aberta

Como abrir a sua mente

Principalmente para os mais velhos, abrir a mente e aceitar o novo pode ser uma tarefa um pouco difícil. Mas com a consciência de que isso é importante e mudando algumas atitudes, é possível se livrar dos preconceitos e assimilar ideias diferentes com maior naturalidade.

Mente aberta- Experimente o diferente

Esse é o primeiro passo, pois é uma forma de exercitar a mente e desenvolver novos modos de pensar sobre o mundo. Quando você entra em contato com uma realidade completamente diferente da sua, você se obriga a repensar o que sabia sobre aquilo - e essa reflexão costuma transformar quem você era. Por isso, busque conhecer lugares novos, frequentar restaurantes diferentes, assistir gêneros de cinema antes inusitados e até dar um "bom dia" para aquele vizinho que você nunca cumprimenta.

- Encontre um hobby

Quando você pratica uma atividade que gosta e se dedica a ela com intensidade, acaba descobrindo mais sobre você mesmo e, conhecendo a si próprio, torna-se mais propenso a aceitar o outro. Vale qualquer tipo de hobby, desde que você já não o esteja praticando normalmente: pintura, violão, etc.

- Viaje mais

Esta é uma das melhores formas de abrir a mente. Assim que você desembarca em outro país ou cultura, você se expõe a estímulos novos, muitos ainda desconhecidos e que provocarão reações emocionais e racionais, às quais você deve ficar bem atento. A gente nunca volta igual de uma viagem.

- Enfrente o seu medo

É importante sair da zona de conforto de vez em quando. Da próxima vez que você encontrar uma justificativa para declinar um convite, pense bem se essa recusa não é medo. Se for, aceite - pelo menos uma vez. A ideia é abrir a sua mente, não?

E você, já abriu a sua mente? Deixe um comentário e siga curtindo as dicas de bem-estar do Vivo Mais Saudável!

TAGS
bem-estar
qualidade de vida
psicologia
comportamento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ