Motivação

26/11/2015 08:25 - Atualizado em 02/12/2016 02:01

Entenda por que os tipos de personalidade levam a decisões diferentes

As características individuais determinam como as pessoas se comportam em determinadas situações.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Existem diversos estudos e teorias na área da Psicologia que tentam identificar e descrever os tipos de personalidade das pessoas, visando a compreender o que leva a determinados comportamentos e atitudes. A forma como lidamos com as emoções e as situações estressantes, por exemplo, pode ser explicada por essas características.

Com modelos atuais, que cobrem grande parte dos traços de personalidade, é possível entender e prever como as pessoas irão se comportar em determinadas situações. Conhecer melhor essas respostas individuais pode facilitar as relações sociais e até mesmo a tomada de decisões, como a escolha da carreira profissional.

gêmeas com diferentes tipos de personalidade

Como se definem os tipos de personalidade

Na filosofia criada no início do século 20 por Carl Gustav Jung, considerado o pai da Psicologia Analítica, foi desenvolvido o conceito de tipos de personalidade dividido em introversão e extroversão. Jung teorizou que cada pessoa se encaixa em pelo menos uma dessas duas categorias, focando no mundo interno (introvertido) ou no externo (extrovertido).

Hoje em dia, esses termos são usados de uma forma diferente. Na definição de Jung, a introversão não significa timidez, e a extroversão não necessariamente reflete ótimas habilidades sociais. O conceito foca no local de origem de onde a pessoa tira sua energia.

Saiba Mais
Uso do emoji revela personalidade e até preferências sexuais
Descubra se personalidade forte causa problemas
Visagismo propõe ajuste entre beleza e personalidade

A partir dos estudos de Jung, a professora Katherine Cook Briggs, junto com sua filha Isabel Briggs Myers, criou quatro tipos de combinações de características de personalidade: Introversão (I) ou Extroversão (E); Intuição (N) ou Sensação (S); Pensante (T) ou Sentimento (F); Julgador (J) ou Percepção (P).

O modelo MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) determina 16 tipos de personalidade, combinando as características acima e estabelecendo um eixo com quatro preferências psicológicas.

O primeiro indicador mostra como a pessoa interage com os outros (introvertido ou extrovertido). O segundo determina como o mundo é visto e as informações são processadas (intuitivo ou observador). Outro aspecto se refere à forma como a pessoa toma decisões e lida com emoções (pensante ou sentimental). O último reflete a abordagem no trabalho e no planejamento (julgador ou explorador).

O modelo resulta em uma combinação de quatro letras, que representa as quatro características principais daquela pessoa.

A importância de se conhecer melhor

Entender e identificar o seu tipo de personalidade contribui para se entender melhor, facilitando a tomada de decisões tanto profissionais quanto da vida pessoal. A escolha da carreira é um dos principais fatores que podem ser facilitados com isso, pois as características individuais ajudam a direcionar a pessoa à área mais adequada.

Além disso, conhecer os tipos de personalidade ainda pode ajudar a compreender as outras pessoas e a se relacionar melhor. Entender e respeitar a forma como os outros lidam com as situações é fundamental para as relações sociais, principalmente nos trabalhos em equipe.

Vale lembrar que essa definição de personalidade aponta características gerais - pois, embora cada pessoa seja única, há padrões de comportamento que se repetem. Porém, a personalidade é apenas um aspecto entre muitos, considerando que as ações de cada indivíduo também são influenciadas pelo ambiente em que ele vive, pelas experiências e pelos objetivos individuais.

O que achou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
autoconhecimento
características pessoais
padrões de comportamento
Psicologia Analítica

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ