Motivação

03/09/2014 10:39 - Atualizado em 27/11/2016 01:42

Descubra como perder o medo de dirigir e supere traumas

Medo de dirigir pode ser enfrentado com autoconfiança e ajuda psicológica.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ligar o carro, sinalizar, acionar a embreagem, a marcha, o acelerador e partir são movimentos tidos como corriqueiros e que por vezes passam até despercebidos por muitos motoristas. Para outros, no entanto, conduzir um automóvel não é algo tão simples e espontâneo.

como-perder-o-medo-de-dirigir

Ter medo de assumir o volante faz parte da vida de uma parcela da população. E não só no Brasil. Há quem relate episódios de pânico ao ver-se no controle de um automóvel por não saber como perder o medo de dirigir.

De acordo com a psicóloga Neuza Corassa, em seu livro "Vença o Medo de Dirigir" (Editora Gente, 2006), não é incomum que pessoas que se sentem desconfortáveis na direção experimentem sintomas como taquicardia, mãos e pernas trêmulas, secura na boca, suor em excesso, além de dores de cabeça e de barriga.

Tem como perder o medo de dirigir?

Suspeita-se que, ao narrarem tais incômodos quando têm de exercer o papel de motorista, muitos sofram da chamada "Síndrome do carro na Garagem", que nada mais é do que ter pânico de comandar um carro e não saber como perder o medo de dirigir.

Segundo constatações de Neuza Corassa, publicadas na obra, 85% das pessoas acometidas pelo problema são mulheres. A explicação é que elas costumam ser mais suscetíveis a críticas de parceiros e família quando mencionam interesse em manejar.

Conforme psicólogos e psiquiatras, duas são as formas de aversão ao volante. A primeira delas está ligada à possibilidade de autonomia e independência, já que alguns podem temer estar no comando em qualquer âmbito. É, dizem especialistas, um medo da própria vida. A segunda tem relação com traumas, especialmente os ligados a acidentes de trânsito.

Esta situação tem relação com as experiências de cada um. Importante salientar, contudo, que o temor pode ser superado com um pouco de paciência, persistência e dedicação – e que há como perder o medo de dirigir.

Como perder o medo de dirigir com autoconfiança e atenção

Ser autoconfiante é essencial neste processo. Ter em mente que, se você foi aprovado nos testes de direção, é porque foi considerado qualificado e está apto para tal. Se ainda não fez as provas práticas ou reprovou, considere que, assim como andar de bicicleta, conduzir um veículo é uma habilidade que se desenvolve com o tempo. Insistir é fundamental.

Outra sugestão é manter-se em contato com o carro o máximo possível. No início, dirija em ruas próximas a sua e na seqüência, em localidades ao redor de seu bairro. Faça da prática uma rotina e veja como perder o medo de dirigir deverá acontecer gradualmente.

Sempre que fizer seus pequenos trajetos, coloque toda a sua atenção no trânsito. Segure firme o volante. Evite conversar com quem estiver ao seu lado. Relembre as lições aprendidas no centro de formação de condutores.

Se acredita que isso possa lhe trazer mais segurança, busque a ajuda de empresas especializadas em aulas privadas de direção. Pessoas já habilitadas podem compor o trânsito acompanhadas de instrutores. Se ainda não possui sua carteira de motorista, relate seu receio à escola de direção, assim você possivelmente será orientado por alguém preparado para aprender como perder o medo de dirigir.

Caso você considere que seu medo de dirigir é incontrolável, a recomendação é que consulte um psicólogo, que poderá ajudá-lo a superar este temor em algumas sessões. Aconselha-se para isso que se busque um terapeuta comportamental, profissional que segue a linha da psicologia focada à solução de problemas específicos.

Gostou das nossoas dicas? Deixe um comentário e fique ligado na nossa página do Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
fobia
dirigir
trânsito

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ