Motivação

13/07/2015 06:00 - Atualizado em 10/05/2016 02:06

Conheça Luiz que mudou hábitos de saúde pela vida do sobrinho

Para poder ser o doador, Luiz teve que mudar a alimentação, parar de fumar e começar a praticar atividade física.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O corretor de seguros Luiz Roberto dos Santos se considera uma pessoa muito mais feliz desde 2012. Aos 57 anos, ele relembra quando o sobrinho precisou do transplante de um rim. Preocupado com a situação na época, ele se prontificou a dar o órgão, e com essa virada, mudou também seu estilo de vida. Confira a sua linda história e reflita!

Conheça a história de Iracema: da perda da filha a criação do Instituto Gabi

A vida de Luiz Roberto dos Santos, de 57 anos, mudou da água para o vinho em 2012. O simpático senhor de Belo Horizonte precisou estar mais próximo da família ao descobrir que o sobrinho Alessandro Ferreira, na época com 29 anos, necessitava de um transplante de rim. “Eu ouvi uma conversa da minha irmã que se não fosse o transplante ele teria mais 24 meses de vida. Eu me senti comovido com toda a situação”, relembra.

Preocupado com o sobrinho, o corretor de seguros tomou uma grande decisão ao descobrir a incompatibilidade da família para doação do órgão. “Os pais nem os irmãos puderam ajudá-lo. Fiquei comovido com a situação e resolvi me arriscar a fazer essa bateria de exames para saber se eu era compatível. Com a confirmação, não temi e arrisquei”. Se por um lado a atitude era benéfica, por outro acarretou em desconforto familiar. Luiz relembra o quanto a esposa e as duas filhas temeram pela sua saúde. “Elas perguntavam se eu estava fazendo a coisa certa porque poderia ter algum problema, mas eu já estava determinado e não vi risco. A doação foi feita com muito gosto."

Conheça a história de Sara, do câncer de tireóide ao maratonismo

Mudança de hábitos pode salvar vidas

Fumante compulsivo e com uma alimentação desregrada, Luiz sabia que seus hábitos eram incorretos para quem se propunha a fazer uma cirurgia de risco. “Eu era fumante, comia muito bolo, bebia cerveja quase todas as noites. Surgiu essa preocupação de mudar em função do sucesso”. Para realizar o procedimento, ele buscou orientação profissional para auxiliá-lo. “Depois de conversas com psicólogos e outros médicos, resolvi cortar tudo o que me fazia mal. Em 12 meses deixei de fumar, consumir gordura, comecei a comer frutas e verduras e a fazer pedalada. Sou muito mais feliz hoje.”

Três anos após a cirurgia bem-sucedida, Luiz ainda agradece pela saúde do sobrinho. Para ele, o momento conturbado lhe trouxe grandes possibilidades de enxergar a vida de outra maneira. “O grande lance não é só mudar a vida, mas eu ganhei qualidade em função da cirurgia. Eu doei uma vida e ganhei outra", comenta feliz. 

E se você também tem uma História de Superação, conta pra gente aqui!

Ela pode ser escolhida e ajudar a motivar milhões de pessoas.

Vivo Mais Saudável é informação que faz bem!

 

TAGS
história de superação
transplante de rim
como fazer transplante de órgãos
doação de órgãos
parar de fumar
doar rim
mudança de hábitos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ