Motivação

07/12/2015 12:57 - Atualizado em 07/12/2016 06:18

Brasileira conta como conseguiu visitar as principais empresas do Vale do Silício

Gabriela Brasil foi recebida nas sedes do Google, Facebook, Twitter, Airbnb e de outras várias empresas do Vale do Silício.

POR

Cláudia Giúza Mercier

  • +A
  • -A

Imagine uma viagem que englobe realização de sonho, vida profissional, culturas diferentes, aprendizados e novos amigos de várias partes do mundo. Foi esse o pacote escolhido e planejado pela mineira Gabriela Brasil, de 29, que desde setembro deste ano está no Vale do Silício, na Califórnia, nos Estados Unidos. A região é famosa por abrigar as maiores empresas de tecnologia do mundo e berço do Facebook, Twitter, Google, entre tantas outras gigantes do setor.

Passaporte para novas experiências

Gabriela Brasil é publicitária, pós-graduada em marketing digital, e conseguiu da empresa em que trabalha uma licença de quatro meses para se “aventurar”, como ela mesma diz, pelo Vale do Silício. Na bagagem, muita motivação para conhecer pessoas, empresas, filosofias de vida e a mente e o coração abertos para uma nova vida.


Para custear suas despesas a publicitária contou com as economias guardadas desde o seu primeiro estágio, aos 20 anos de idade, e com o “paitrocínio”. A jovem conta que a sua maior motivação para a viagem foi “sair da zona de conforto”, ela queria se desafiar e buscar novas experiências profissionais e pessoais.

Mala cheia de sonhos

A impressão de que tudo seria realmente diferente começou a ser concretizada quando ela se deparou com os 3m² da sua nova morada, um quarto dentro de uma residência onde vivem outros 40 estudantes.

“Essa noção de espaço mudou completamente para mim. Outra coisa importante foi o desapego com o espelho e consequentemente com a vaidade. O espelho do meu banheiro é um espelho de rosto e foi com ele que me maquiei algumas poucas vezes, mas era impossível saber se minha roupa estava combinando, brinca Gabriela.”


Mas Gabriela afirma que nem tudo são flores, é preciso ter bastante disciplina e determinação para alcançar todos os objetivos. “Consegui visitar todas as empresas que me propus, falar inglês de forma mais natural e espontânea, fazer novos amigos, conviver com pessoas do mundo inteiro, visitar os pontos turísticos da cidade e estudar.”

Tempo certo

A jovem acredita que cada pessoa deve encontrar um “momento ideal” para viver uma experiência como essa “no meu caso fiz com quase 30 anos de idade e no início achei loucura, mas quer saber, foi quando me senti preparada para viver tudo isso de coração aberto. Esse é o tipo de experiência que você tem que fazer valer todos os dias, saber aproveitar sua companhia, as pessoas, o lugar, o idioma, a cultura. Se você está aberto a valorizar tudo que vem pela frente, você está pronto. E ai, é só aproveitar!”

Roteiro de sucesso


Networking, essa é a chave para uma experiência profissional como essa. Somado a isso bastante persistência e planejamento. Foi isso que Gabriela fez para conseguir visitar empresas como Google, Twitter, Facebook, Airbnb e participar de vários eventos.


Antes de sair do Brasil, ela contactou o Google e o Facebook se mostrando interessada em conhecer as empresas. Aliado a isso, ela contou com a ajuda da empresa em que trabalha, uma das maiores construtoras brasileiras, para ficar quatro meses fora. “Quando decidi fazer essa viagem minha gerente e meu diretor me deram todo o apoio, pois acreditaram no quanto isso irá me agregar como profissional, e, claro, no meu dia a dia de trabalho.

A publicitária afirma que o mais importante para um intercâmbio como esse é reconhecer o valor de cada acontecimento. Na viagem de volta, prevista para o início de 2016, ela terá muita bagagem profissional e pessoal.

Provocada se ela gostaria de ficar para trabalhar em uma das empresas do Vale do Silício, Gabriela foi enfática ao responder que deseja muito voltar para o Brasil e para a empresa em que trabalha há cerca de cinco anos. 

Dicas para visitar o Vale do Silício


Gabriela enumerou 5 passos básicos para conseguir visitar as empresas do Vale do Silício. Confira:


1. Fazer networking (aprofundar no relacionamento e sempre oferecer algo em troca).


2. Participar de eventos (no meu caso fiquei atenta ao site do eventbrite.com).


3. A empresa em que você trabalha é cliente de uma das empresas do Vale ou uma possível parceira.


4. Não perca o foco, corra atrás.


5. Compartilhar conhecimento. Isso pode gerar negócio, relacionamento e pode facilitar sua entrada em grandes empresas.

Que tal tirar os seus sonhos e projetos da gaveta? Deixe aqui o seu comentário, suas expectativas! E fique sempre ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
vale do silício

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ