Amor e Sexo

21/01/2015 09:35 - Atualizado em 24/11/2016 08:44

Veja dicas para ter prazer com o sexo na terceira idade

Sexo na terceira idade exige disposição para que o casal se redescubra.

POR

Redação

  • +A
  • -A

sexo na terceira idade

O tempo passa e as pessoas envelhecem, mas isso não torna os momentos melhores ou piores. Tudo fica diferente quando adquirimos mais experiência, e isso também acontece com o sexo na terceira idade. As mudanças que ocorrem exigem que as pessoas se redescubram enquanto indivíduos e que as relações sejam reconstruídas pelo casal.

O que muda no sexo na terceira idade

O sexo na terceira idade é muito parecido com o sexo na juventude. O que muda é a visão e a disposição dos envolvidos no ato sexual. Assim como os jovens estão descobrindo uma nova forma de interagir com os parceiros, os idosos precisam se redescobrir. O corpo mudou, a vida mudou e a relação, também.

A sociedade ainda possui muito preconceito e muitos tabus relacionados ao sexo nesta fase da vida. Muitas dessas ideias são completamente infundadas, mas outras possuem um embasamento mais profundo.

A disposição mais baixa dos homens para a relação, por exemplo, é uma verdade, mas não um empecilho. Isso porque, na terceira idade, os homens já entraram em uma fase chamada de andropausa, quando a testosterona, seu principal hormônio sexual, está em baixa. A produção do sêmen é menor e a duração da ereção é reduzida gradativamente.

Para as mulheres, é a menopausa que causa essas mudanças. A progesterona e o estrogênio, hormônios femininos, deixam de ser produzidos, causando uma baixa significativa no desejo sexual da mulher. Ao mesmo tempo, o sistema reprodutor já não é mais ativo, diminuindo a lubrificação vaginal, o que pode afetar no prazer durante o sexo na terceira idade.

Os fatores psicológicos também são parte da mudança. Nesta fase, o casal já obteve muitas conquistas. Os filhos começam a construir suas próprias famílias e a se distanciar dos pais. Assim, o casal volta a ficar sozinho em casa - somente um para o outro, como no início do relacionamento.

Este é o momento em que muitos deles não sabem como agir. Já desaprenderam o que é ser somente homem e somente mulher. Já não assumem mais o papel de provedor, pois a aposentadoria chegou. Não são mais pais e mães em tempo integral e sentem-se deslocados dentro de sua própria família. O desejo sexual se torna mais raro por causa desses fatores.

Os auxiliares do sexo na terceira idade

Mas as mudanças não podem ser motivo para que não haja sexo na terceira idade. Apesar da velhice, a atividade sexual continua sendo de extrema importância para a qualidade do relacionamento. Para os problemas físicos, os farmacêuticos e pesquisadores já criaram soluções.

O Viagra é o principal aliado dos homens idosos. A pílula azul tão conhecida é capaz de estimular o homem e manter sua ereção por mais tempo, aumentando a qualidade da relação. Para a falta de lubrificação das mulheres, os géis lubrificantes podem ser utilizados sem qualquer risco.

Para as mudanças na própria relação, basta que as pessoas estejam dispostas a se redescobrirem enquanto homens e mulheres, maridos e esposas. Cortejar o parceiro ou a parceira e mostrar desejo ainda são armas que funcionam, a despeito de qualquer transformação.

Um simples toque, uma carícia ou uma troca de intimidades podem dar aos idosos o mesmo nível de prazer que o ato sexual traz aos jovens. Essas atitudes de reaproximação são tanto físicas quanto emocionais.

Viu como o sexo na terceira idade não é um bicho de sete cabeças? Então deixe suas impressões nos comentários! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
sexo
terceira idade
relacionamento
qualidade de vida

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ