Amor e Sexo

27/02/2015 09:43 - Atualizado em 09/12/2016 09:38

Squirt: Prazer feminino pode surpreender o parceiro

A ejaculação feminina também é chamada de squirt e pode ser estimulada.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já ouviu falar em squirt? Esse é um nome que se dá para a ejaculação feminina. Pois é: se você pensa que ejacular é apenas algo comum entre homens, saiba que as mulheres também podem chegar a esse ápice do clímax na hora do orgasmo.

Existem algumas maneiras de estimular a mulher para ter mais chances de atingir a sensação. Descubra quais são elas.

squirt

Entenda o que é squirt

A ejaculação feminina não é mais um mistério. Ela é conhecida no mundo todo como squirt, que significa "esguicho" em inglês. Isso não acontece com todas as mulheres, mas as que chegam lá produzem um líquido que pode escorrer ou jorrar, variando de acordo com vários fatores.

Algumas pessoas podem até confundir o líquido com xixi, quando o sentem escorrer pelas pernas, pois não conseguem controlá-lo. Porém, a ejaculação feminina - produzida por glândulas paraneurais e expelida pela uretra - tem uma aparência incolor, um pouco mais densa que a água, e sem cheiro.

A liberação desse líquido ocorre quando uma glândula dentro da vagina é estimulada. Algumas pessoas se referem a essa região como ponto G.

Não são todas as mulheres que alcançam a ejaculação e, para as que conseguem, não é uma tarefa fácil. Porém, mesmo sem produzir o squirt, é possível chegar ao orgasmo intenso. Existem algumas maneiras de estimular os pontos femininos e experimentar outras formas de prazer.

Saiba como estimular o squirt

O squirt é apenas um tipo de orgasmo e poucas mulheres conseguem atingi-lo. Geralmente ocorre com as mais experientes e que tenham uma vida sexual ativa há mais tempo, mas isso não é uma regra. Para chegar à ejaculação feminina, é preciso estar à vontade e permitir-se novas sensações.

Entre as maneiras de proporcionar mais prazer à mulher está investir em posições sexuais que estimulem o ponto G feminino. Uma delas é colocar as pernas bem para cima, podendo apoiá-las no ombro do parceiro, enquanto ele utiliza a língua, os lábios ou os dedos para estimular a região que mais excita a parceira.

Outra posição que faz sucesso é a chamada mulher-gato, em que a mulher fica por cima do parceiro e, depois da penetração, ele junta e estica as pernas de forma que o pênis fique lá dentro, mais pressionado e apertado. Com isso, o clitóris é facilmente estimulado durante os movimentos da relação.

O importante é usar a criatividade. Pode ser com posições diferentes, com acessórios ou com novas atitudes. O que vale é inovar e buscar formas de apimentar a relação. Alcançar o squirt pode ser uma delas, mas só nas tentativas já é possível que você se surpreenda e tenha muito mais prazer.

Gostou das dicas de amor e sexo? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligada em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
sexo
vagina
ejaculação feminina
ponto G

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ