Amor e Sexo

06/04/2016 01:00 - Atualizado em 26/11/2016 05:34

Rastreador de Namorado: Tecnologia pode reforçar o ciúme

Aplicativos para seguir o companheiro nem sempre são uma boa ideia.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Para quem tem ciúmes do parceiro, é comum querer saber o que ele está fazendo, que mensagens envia e recebe no celular ou com quem ele fala. O aplicativo Rastreador de Namorado foi desenvolvido justamente para atender esse público. Acontece que, antes de usá-lo, é preciso saber das polêmicas que o envolvem. Na opinião de muitas pessoas, trata-se de uma clara invasão de privacidade.

Como funciona o Rastreador de Namorado

O aplicativo Rastreador de Namorado deu o que falar. Ele promete ser seu detetive particular no bolso do parceiro. Dentre as funções, está a localização e o encaminhamento de cópias do tráfego de mensagens de texto. Há até mesmo um comando que permite que um usuário possa ouvir o que a pessoa está dizendo.

Aplicativos semelhantes são comercializados em países da Europa e nos Estados Unidos, mas esse, em especial, ganhou muita repercussão negativa devido às suas funcionalidades. Ele foi visto muito mais como um recurso para pessoas ciumentas e uma forma de violar direitos de privacidade.

É possível desvirtuar sua forma de utilização, conforme as funções. Por exemplo, alguém pode usá-lo para fins de perseguição e ter acesso a informações pessoais de outras pessoas. Justamente por isso, o app foi excluído da Google Play, embora possa ser baixado diretamente do site da empresa.

mulher verifica rastreador de namorado no celular do companheiro

Tecnologia pode fomentar o ciúme?

Muitas pessoas celebram o avanço da tecnologia e o quanto ela é capaz de facilitar nosso cotidiano. Ocorre que nem tudo são flores, já que o uso descontrolado pode levar a efeitos colaterais ruins, como o ciúme. A ciência vem estudando essa relação e diversas pesquisas trazem dados interessantes a esse respeito.

Um estudo publicado no Cyberpsychology & Behavior Journal buscou analisar os efeitos do uso do Facebook nos relacionamentos. Constataram-se vários pontos positivos, mas destacaram-se também alguns dados ruins. Controlar as interações de parceiros aumentou em 19,1% o ciúme dos participantes, por exemplo.

Não bastasse isso, 10,3% dos participantes mencionaram ter problemas em limitar o tempo que ficavam observando o perfil do companheiro nessa rede social. Ainda, 7,4% disseram que, muitas vezes, as informações podem ser ambíguas e causar certos desentendimentos desnecessários.

Se você não deseja fazer parte dessas estatísticas, é muito importante refletir bastante antes de recorrer a um aplicativo rastreador de namorado. Lembre-se: se você está fazendo isso, é porque não tem confiança nele. Existem outras formas de resolver esse tipo de problema - e que não envolvem monitorar a pessoa.

Vale saber que comportamentos controladores entre casais são associados pela ciência a maior violência física e psicológica dentro de um relacionamento. É isso que indica um levantamento publicado em 2011, no Journal of the American Medical Association. Ou seja, é sempre bom conversar francamente sobre os problemas para evitar desavenças maiores.

Depois de saber tudo isso, fica a pergunta: você utilizaria um rastreador de namorado? Deixe sua opinião nos comentários! Aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais e conferir o que seus amigos acham do assunto. E não deixe de conferir outras dicas de bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
facebook
desconfiança
relacionamento
privacidade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ