Amor e Sexo

25/06/2014 09:00 - Atualizado em 09/12/2016 10:08

Problemas no sexo? Descubra a origem da falta de desejo

Falta de desejo é um problema sério para casais no mundo todo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A falta de desejo sexual é um problema sério que afeta milhares de casais em todo o mundo. Muitas pessoas deixam de procurar ajuda e acabam sofrendo em silêncio, como se a situação não pudesse ser resolvida. A boa notícia é que existe tratamento para o caso, e o primeiro passo para se chegar a ele é procurar um psiquiatra com especialidade em sexualidade humana ou outro profissional de sua confiança.

O tabu da falta de desejo sexual

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Não se pode explicar a falta de desejo sexual a partir de casos isolados. Na verdade, a medicina atual compreende, diagnostica e trata esse problema a partir de uma teia de relações, sintomas e sinais, que formam um quadro completo.

Segundo especialistas, é normal que os pacientes acreditem estar sozinhos nessa situação. Para eles, ninguém mais sofre da falta de desejo sexual. Na verdade, porém, poucos gostam de admitir o problema por se sentirem envergonhados, já que o assunto se envolve em tabu antigo e difícil de quebrar. Homens, por exemplo, jamais gostam de contar que já "falharam" alguma vez, seja qual for a situação, nem de acreditar que são os culpados pela falta de interessa da esposa. Mulheres, da mesma forma, também se sentem incompletas quando não conseguem causar esse desejo no marido ou quando não sentem o impulso sexual.

Origem da falta de desejo

Sabe-se a situação pode estar associada a problemas orgânicos diversos, a alterações hormonais, a problemas físicos, a outras doenças, traumas, inibições da infância, entre outros. Além disso, nódulos, infecções nos genitais e até o uso de algumas medicações podem ter, como efeito colateral, a falta de desejo sexual

Psiquicamente, um dos fatores mais comuns para que ocorra falta de desejo é o trauma causado pelo abuso sexual. Contribuem negativamente mensagens anti-sexuais durante a infância, comportamento sedutor por parte dos pais, dificuldade em unir amor com sexo na mesma pessoa, culpas e a competição temida com o pai ou mãe. Doenças psiquiátricas, como a depressão, também podem acabar com o interesse pelo sexo. 

Entendendo a falta de desejo

Ao tentar compreender melhor a falta de desejo, é melhor discutir dois quadros distintos: o desejo sexual hipoativo e a aversão sexual. 

Aversão sexual

Esta aversão sexual ou fobia nada mais é do que o sofrimento causado pela necessidade de evitar as oportunidades de encontros sexuais com parceiros. Podem ser decorrentes de sensações de desagrado, de medo, de nojo, repulsa ou de perigo iminente.

Desejo sexual hipoativo

É quando acontece a diminuição ou ausência total de fantasias e de desejo da prática de atividade sexual. A pessoa não sente falta de ter sexo. Existe um grande sofrimento devido à desmotivação e problemas para o casal.

Cura para a falta de desejo

Os problemas de falta de desejo costumam ser muito desgastantes, afetando toda a motivação de vida de uma pessoa, além do seu parceiro. Mas é importante lembrar: existem tratamentos adequados.

Por isso, recomenda-se procurar um psiquiatra especializado em sexualidade que poderá fazer uma avaliação. Primeiro investiga-se a parte orgânica, e depois, faz-se uma revisão para verificar a existência de alguma medicação que possa ser usada para aliviar os sintomas.

Ocasionalmente alguma forma de psicoterapia é indicada, podendo corresponder a tarefas cognitivo-comportamental, nova terapia sexual e psicoterapia de orientação analítica. As terapias podem ser tanto individuais quanto para o casal.


Gostou do texto ? Então deixe seu comentário!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ