Amor e Sexo

25/03/2015 03:21 - Atualizado em 04/12/2016 10:30

Preservativo feminino é opção para o sexo seguro

Saiba por que é importante usar o preservativo feminino e como ele deve ser colocado.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você certamente já ouviu falar sobre o preservativo feminino, mas sabe como ele funciona? De uso relativamente simples, ele é imprescindível como método contraceptivo e para evitar contaminação por doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

De acordo com uma pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), 38,2% das meninas entrevistadas não usam camisinha nas relações sexuais. O estudo entrevistou jovens entre 14 e 25 anos. Conheça mais sobre o preservativo feminino e veja como usá-lo.

preservativo feminino

Como se usa o preservativo feminino?

Protegendo contra Aids, hepatites virais, gonorreia, sífilis e outras DSTs, o preservativo feminino é colocado dentro do canal da vagina. Por isso, ele não deve ser utilizado junto com o masculino, pois a fricção entre os materiais pode romper as camisinhas.

O material que compõe a camisinha da mulher é o poliuretano, mais fino que o látex da versão para os homens. Ela é mais delicada, dificilmente causa alergias e também possui maior lubrificação. Sua aparência é como uma pequena bolsa, com 15cm de comprimento e 8cm de diâmetro.

Há dois anéis flexíveis - um móvel, na extremidade fechada, que serve para colocá-la no fundo da vagina, e outro aberto na ponta, que vai cobrir a parte vaginal externa.

Para colocá-la, o anel móvel precisa ser apertado e inserido na vagina. Com o dedo indicador, deve ser empurrado o mais profundamente possível até o colo do útero. A argola externa, mais fina, fica cerca de 3cm para fora. Durante a penetração, o pênis é guiado para o centro do anel externo.

No sexo, é normal que o pênis movimente a camisinha. Por isso, caso o anel externo seja puxado para dentro, é necessário segurá-lo ou lubrificar novamente. Depois de terminada a relação, o preservativo feminino deve ser retirado apertando-se o anel externo.

Para que o esperma não vaze, é necessário torcer a ponta da bolsa. Depois, é só puxar a camisinha com delicadeza do interior da vagina, trocando-a por uma nova a cada relação.

Por que usar o preservativo feminino?

Os dados da pesquisa feita pela Unifesp também mostraram que 16% das meninas engravidaram entre os 14 e os 20 anos. A taxa aumenta para 32% entre os 14 e os 25. Esses números levaram para um índice de aborto de 27,2%, entre as jovens dessa faixa etária.

O preservativo feminino protege contra uma gravidez indesejada, além de garantir a saúde do organismo ao evitar DSTs. Para que a camisinha não estoure, é necessário que ela fique afastada do calor, esteja com a embalagem inteira e dentro do prazo de validade.

Também não se deve usar o preservativo masculino junto com o feminino. A mulher pode colocar a sua camisinha até oito horas antes do sexo, retirando-a apenas após a relação. Quando for fazer isso, ela deve permanecer deitada para evitar que o esperma vaze.

O preservativo já vem lubrificado, mas, se for necessário, pode ser utilizado com lubrificantes íntimos. De preferência, a mulher deve inseri-lo deitada ou sentada com os joelhos afastados.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para conferir novidades de amor e sexo e ficar por dentro de tudo o que acontece no Vivo Mais Saudável.

TAGS
camisinha
camisinha feminina
sexo seguro
dst

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ