Amor e Sexo

04/03/2015 04:21 - Atualizado em 04/12/2016 02:25

Namoro virtual é possível? Avalie prós e contras

Namoro virtual facilita a aproximação, mas mentiras podem frustrar expectativas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Existe uma variedade de mitos e contradições acerca do namoro virtual. Porém, cada caso é um caso. Há quem consiga manter um relacionamento e há quem se decepcione mais que numa relação offline.

Cuidados sempre são necessários quando você começa a se interessar por alguém na internet. Veracidade de informações, aproximação por interesse e crimes cibernéticos devem ser sempre levados em consideração. Veja alguns prós e contras do namoro virtual e decida se vale a pena investir.

namoro virtual

Mentira é comum no namoro virtual

Uma pesquisa feita na Cornell University, nos Estados Unidos, descobriu que 80% das pessoas com perfil ativo em sites de relacionamento mentem. Os investigadores também descobriram que as chances de um namoro virtual, nesses casos, são menores do que se o encontro for real.

Problemas sérios podem decorrer de um relacionamento pela internet, principalmente se a pessoa cria uma dependência por esse tipo de contato. Medo e incapacidade de enfrentar ou conviver com alguém fora do contexto dos sites são sentimentos comuns em indivíduos mais tímidos. Por isso, geralmente eles recorrem a esse tipo de aproximação.

Quando está em um namoro real, a pessoa pode conhecer o corpo do parceiro, estimular diversos sentidos e manter um contato maior, que gera respeito. O namoro virtual não permite o contato físico ou visual, dificultando encontrar limites ou a possibilidade de confiança integral.

Além disso, decepções e depressões são corriqueiras, nos adeptos do relacionamento pela internet. Como a mentira se dissemina muito, as expectativas não são correspondidas e os comportamentos podem ser totalmente diferentes nos ambientes virtual e real. Sem estabilidade emocional e preparação, um namoro a distância pode ser frustrante.

Namoro virtual pode facilitar aproximação real

No Brasil, muitos jovens participam de comunidades na internet que promovem o relacionamento cibernético. Em média, 88% dos adolescentes entre 12 a 17 anos já tiveram algum tipo de aproximação a partir de sites como o Habbo, que elaborou uma pesquisa para descobrir curiosidades sobre o namoro virtual.

São 74% que tiveram um romance real após encontrar o parceiro na internet. Por essa perspectiva, os jovens acreditam que o romantismo não termina com o surgimento dos sites de relacionamento. Pelo contrário: mundialmente, a crença de 64% é que o meio virtual facilitou as investidas. Os brasileiros somam 86% dessa opinião.

De acordo com investigadores do Centro de Estudos da Sexualidade Humana, no Instituto Kaplan, a internet pode funcionar como uma preparação para quem busca um relacionamento, mas tem bloqueios na exposição real. No entanto, pode ser perigosa, caso o usuário se limite ao virtual e fuja do contato pessoal.

Nos sites de namoro online, é possível procurar pelo “parceiro ideal” a partir de características como tipo físico, idade, cor do cabelo, profissão e interesses musicais. Na vida offline, encontrar pessoas que se encaixem no padrão dos sonhos é bem mais difícil. Porém, a mentira pode estar presente nas descrições virtuais, o que aumenta a decepção na hora do contato físico.

Seja qual for a plataforma, o segredo para um relacionamento feliz é a sinceridade.

Gostou das dicas de amor e sexo? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
paixão
internet
amor
aplicativos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ