Amor e Sexo

02/06/2015 12:16 - Atualizado em 15/11/2016 01:51

Luciana e Victor: trabalhar junto pode, sim, dar certo!

O casal criou a Bolei e hoje divide todas as tarefas de casa e do negócio sem estresse, eles garantem.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Namoro requer bastante compreensão, paciência, respeito... agora imagina para casais que, além de dividir tarefas e responsabilidades diárias de casa, ainda trabalham juntos. Para Luciana e Victor, o convívio pessoal e profissional nunca foi problema, pelo contrário, eles veem como solução. Juntos, os designers criaram a Bolei e hoje se completam no amor e no trabalho. Confira!

Como está o seu equilíbrio pessoal e profissional? Faça o teste.

 

Luciana Borges e Victor Mascarenhas, ambos com 28 anos, se conheceram em 2006 em plena época da faculdade de Design, quando se relacionaram pela primeira vez.  Seis anos mais tarde após se formarem, o destino cruzou novamente os dois caminhos e eles trabalharam juntos em uma agência do Rio de Janeiro. Mais maduros e com a iniciativa de construir algo sólido, Victor e Luciana criaram a Bolei, uma empresa ligada a produtos de sustentabilidade. "Posso dizer que a Bolei foi o grande ponto para engatar o relacionamento. Como temos ideias parecidas, pensamos: por que não colocar em prática?", conta Victor.

O dia a dia dos namorados é praticamente em casa. No início da manhã, eles praticam caminhada, tomam café e partem para o trabalho em sistema home office. Para eles, o fato de fazerem praticamente todas as atividades juntos não torna a rotina monótona. "Apesar de termos uma vida só, não misturamos os problemas. Às vezes, estamos vendo um filme e acontece de resolver algo do trabalho, mas sempre tentamos separar uma coisa da outra", conta Luciana, que sugeriu um sistema financeiro em conjunto. "Nós temos uma planilha única com todas as nossas contas de supermercados, médicos, restaurantes, mas sem cobrança. Tudo é muito bem explicado e dividido.", ela explica.

Momentos separados

Mesmo com toda união, Luciana e Victor não abrem mão de momentos separados e consideram essa “folga” como renovação para o relacionamento. "É natural ficarmos afastados em alguns momentos. Às vezes, eu saio com os meus amigos e ela com as amigas dela, ou rola dela viajar para para visitar os familiares", conta Victor. "É necessário ter essa separação para dar aquela sensação de saudade.", completa Luciana.

O hábito de conviver quase 24 horas por dia poderia gerar estresse, uma palavra não usada no vocabulário do casal. Para eles, um bom planejamento faz com que o convívio se torne prazeroso. "Brigamos pouco, mas estresse eu acho que até sentimos menos porque nos conhecemos muito bem.", comenta Luciana.

E ciúme, existe? "Eu não sou ciumento, ela já foi mais." confessa ele, aos risos.

Com vários objetivos em comum, o casal pensa em ter um novo integrante na família em breve. "Queremos ter filhos, mas ainda não sabemos quando.", diz Luciana, animada.

Gostou da história de Victor e Luciana? Então deixe seu comentário, e conheça outras histórias no Especial Namorados. 

TAGS
dia dos namorados
luciana e victor
relacionamento
namoro
trabalhar junto
namorar e trabalhar junto

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ