Amor e Sexo

08/06/2015 05:57 - Atualizado em 28/12/2016 02:44

Layla e João: Conheça a história de amizade que virou amor

Os dois eram apenas bons amigos, mas um dia tudo mudou.

POR

Cláudia Giúza Mercier

  • +A
  • -A

Vivo Mais Saudável preparou um especial para o “Dia dos Namorados” para relatar encontros, desencontros, amores impossíveis, amor sem preconceito, amor que venceu a distância e que transformou a vida de muitas pessoas. João e Laya se conheceram quando ela tinha 13 anos de idade. Hoje, aos 33, ela conta a história de amor dos dois.

A empresária Layla Beatriz Cordeiro Valadares Machado e o terapeuta holístico e psicólogo João Carlos Santana Lopes, (43), são amigos há 20 anos. Eles dividiram a casa, amizades, confidências, mas não imaginaram que essa história daria em casamento e dois filhos. “Brinco que me casei antes de namorar. A gente morava junto como amigos, muito antes de qualquer outro tipo de relacionamento”, brinca Layla.

Apenas bons amigos

Os dois se conheceram em 1994, na cidade de Sete Lagoas, a 70 Km da capital mineira. Ele, dez anos mais velho que ela, se interessou por uma de suas amigas, mas a jovem não deu bola. Layla relembra que depois do “fora”, eles ficaram horas conversando e acabaram ficando muito amigos. “Ele era muito namorador, ficou com quase todas as minhas amigas”, conta às gargalhadas.

Os dois tinham muitas afinidades, mas todos os encontros e conversas “horas a fio” nunca os levaram a outra relação a não ser de amizade. “João sempre foi muito tranquilo e carinhoso, eu sempre o chamava de 'meu anjo', mas não rolava nada entre nós.”

Layla se mudou para Belo Horizonte onde cursou faculdade. Apesar de ter perdido um pouco o contato com ele, sempre contava sobre o “anjo” para amigos e namorados. “Depois de muito tempo sem nos falar ele me ligou. Dei um grito 'meu anjo', só depois me dei conta de que o menino com quem me relacionava na época estava ao meu lado. Todos os meus namorados morriam de ciúmes do João.”

Ela se formou, terminou o namoro, e tempo depois acabou sendo transferida pela empresa em que trabalhava de volta para a cidade onde os dois se conheceram. “Eu não queria voltar para a casa da minha mãe. Já morava muito tempo sozinha e sabia que não conseguiria me adaptar. O João me convidou para morar com ele, como amigos, a gente dividiria as despesas.”

A amizade que virou amor 

Os dois viveram vários meses como bons amigos e confidentes, mas em uma noite algo diferente aconteceu. “Saímos com um casal de amigos, dançamos a noite inteira, foi delicioso. Tive vontade de ficar com ele. Eu já estava um tempo sozinha e achei fosse um pouco de carência, mas não. Naquele dia ele tinha mexido comigo.”

No dia seguinte, Layla convidou João para passar o fim de semana na Serra de Cipó, cidade no interior de Minas repleta de cachoeiras. Eles ficaram hospedados na casa de amigos, que os deixaram em um quarto de casal. “Todo mundo achava que a gente estava namorando, mas não tinha acontecido nada. Mas aquela noite não teve como passar ilesa. Ficamos juntos, foi maravilhoso.”

Na época, Layla revela que entrou em pânico porque era muito jovem e não queria se casar. “Cheguei a falar que me mudaria da casa dele, mas João me pediu para ficar, disse que estava muito bom o que a gente estava vivendo”, relembra.

Os dois tinham viagens para o exterior planejadas, mas cada um iria para um destino e a data que João voltaria da viagem, coincidia com o embarque de Layla. “Ele voltou de Israel e eu fui para a Grécia. Passei toda a viagem angustiada de saudade dele. Chorava a cada email que ele me enviava. Eu já estava louca para o passeio acabar.”  

Nasce uma nova família

De volta ao Brasil, os dois conversaram sobre o quanto um tinha feito falta ao outro e João a pediu em casamento. “Foi uma noite inesquecível, a gente se emocionou. Marcamos o casamento para o mês seguinte. Não deu tempo nem de fazer convite, foi tudo muito rápido.” Os dois se casaram na cidade de São Tomé das Letras, Sul de Minas, em uma cerimônia Celta.

Em 2010, após quatro anos de casados, o casal decidiu engravidar e Layla deu a luz ao tão esperado Iucan. O parto natural aconteceu na casa do casal. “Foi um momento maravilhoso, vivi 22 horas de trabalho de parto. O Iucan nasceu e João o recebeu nos braços. Foi ele quem cortou o cordão umbilical”, descreve emocionada.

Na noite de Natal de 2013, nasceu Maya, o segundo bebê do casal. “Ela também nasceu em casa, com a ajuda de uma doula. Comecei a sentir uma dor forte e duas horas depois Maya chegou. A gente não se continha de tanta felicidade.”

Perguntada sobre planos para o futuro, a empresária é enfática: “a gente não planeja nada. Nós não fazemos nenhum plano para o futuro, somente vivemos com intensidade e verdade cada dia das nossas vidas. O amor está em movimento eterno.”

 

E você? Também vive uma história de amizade que virou amor? Compartilhe com a gente! E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conhecer outras histórias como essa. 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ