Amor e Sexo

29/08/2014 11:30 - Atualizado em 07/12/2016 10:06

Conheça 5 zonas erógenas da mulher que despertam o prazer

Você pode proporcionar mais prazer à parceira ao conhecer e explorar as zonas erógenas da mulher.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Existem determinados pontos do corpo feminino que, quando estimulados, são capazes de se transformar em fontes de maior desejo. Tais áreas são conhecidas como zonas erógenas da mulher e é através delas que a relação sexual se constrói e se mantém em alto nível.

A sensibilidade a cada uma dessas zonas pode variar de pessoa para pessoa, mas de forma geral as zonas erógenas são as mesmas para cada mulher. Conheça a seguir quais os pontos de prazer do corpo feminino e busque dar mais prazer para a sua amada.

zonas-erogenas-da-mulher


zonas-erogenas-da-mulherDesvende 5 zonas erógenas da mulher 

1. Orelha

Ela é a preferida de homens e mulheres. Carícias na orelha costumam incitar o prazer feminino muito bem. O lóbulo é a parte mais sensível e por isso deve tocado com leves mordidas ou movimentos circulares com a língua. Uma brincadeira um pouco mais apimentada é introduzir a língua no ouvido da parceira.

2. Nuca

Essa é uma das zonas erógenas da mulher mais conhecidas. Quem nunca ouviu falar dos famosos arrepios com toques na nuca? Como a área é muito sensível, aqui vale uma série de carícias diferentes. Desde uma respiração diferente ou um toque leve com as pontas dos dedos, que pode ser substituído por mordidas, arranhões ou beijos. Todas essas táticas funcionam muito bem para esquentar o clima do casal.

3. Seios

Uma das áreas mais tradicionais do corpo feminino, a região do busto é queridinha dos homens e fonte de prazer para muitas mulheres, mas há um ponto específico: os mamilos. Nessa região, o toque deve ser feito com a boca ou com as mãos.

No primeiro caso, há uma série de movimentos circulares a explorar, principalmente de forma suave. Se for usar as mãos, dê arranhadas de leve, faça carinho e aperte os seios suavemente, podendo alternar entre um e outro.

4. Atrás do joelho

Essa é das zonas erógenas da mulher mais desconhecidas, mas nem por isso menos prazerosa. Ela deve ser estimulada quando a mulher já está em estado de excitação, do contrário pode causar cócegas e acabar com o clima.

Suba as mãos levemente dos calcanhares, passando pelas panturrilhas ou desça do bumbum, passando pelas coxas, até chegar a este ponto. Com os dedos dê leves arranhadas e faça carícias em movimentos circulares.

5. Ponto G

É a única de todas as zonas erógenas da mulher que não poderia ficar de fora. Causa muita confusão entre os homens, já que o ponto G se localiza em um ponto diferente em cada mulher, em uma área delimitada entre o clitóris e a vagina.

Por que conhecer as zonas erógenas da mulher

Entender onde se localizam estes pontos e como estimulá-los é muito importante para homens e mulheres. Para eles, é essencial saber como e onde tocar sua parceira, para fazer com que a relação sexual possa ser prazerosa para ambos.

Para elas, o conhecimento das zonas erógenas da mulher tem uma importância ainda maior: não dá para dizer ao parceiro do que se gosta sem saber o que verdadeiramente lhe dá prazer.

Agora que você já sabe quais os principais pontos mágicos do prazer feminino, é só colocar em prática todo esse aprendizado.

Gostou das nossas dicas? Deixe um comentário!

TAGS
zonas erógenas
sexo
prazer

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ