Amor e Sexo

31/03/2016 04:00 - Atualizado em 01/12/2016 09:25

Aprenda as regras do relacionamento interpessoal

Compreensão dos motivos do outro e conhecimento dos próprios defeitos podem evitar conflitos destrutivos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A expressão "relacionamento interpessoal" define a relação que se estabelece entre as pessoas. Esse tipo de contato é inevitável na vida em sociedade - e só consegue se manter a partir de esforços mútuos de quem estiver envolvido na situação. Desde o amoroso até o profissional, o convívio fica mais saudável com base em algumas regras.

Pesquisadores ao redor do mundo, como o casal John e Julie Gottman, do Laboratório do Amor da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, tentam encontrar as regras que regem os relacionamentos universais. Ainda sem uma fórmula definida, já que cada pessoa age de forma diferente, eles já descobriram alguns dos erros e acertos comuns das relações.

mãos dadas de grupo com bom relacionamento interpessoal

Agressões ao relacionamento interpessoal

O Love Lab, ou Laboratório do Amor, é um dos muitos centros de pesquisa sobre relacionamento interpessoal. Apesar de ser voltado somente para os convívios românticos, muitas das descobertas feitas nesse ambiente se aplicam também às questões profissionais, familiares e até de amizade, em que pequenas atitudes podem ferir gravemente os laços.

As críticas em excesso, por exemplo, podem ser princípio para a desestabilização de uma relação. Segundo o Gottman’s Institute, o instituto do casal Gottman, criticar o outro sem fazer um contraponto positivo é como atacar a personalidade dele. Coloque-se no lugar da pessoa e tente compreender por que ela age daquela maneira que lhe incomoda.

Esquecer-se de ser cordial com as pessoas é comum no dia a dia, mas também pode minar as relações. Mais que desejar um bom-dia sincero, demonstrar preocupação com os problemas do outro é importante para que ele se sinta valorizado. Não zombe das dificuldades da outra pessoa nem seja sarcástico a respeito dos comentários que ela faz.

Saia da defensiva e aprenda a receber críticas construtivas. Os pesquisadores do Love Lab apontam que reagir com raiva ou irritação às sugestões que o outro lhe faz, a respeito de um projeto ou de um comportamento, pode acabar diminuindo o contato e a fluidez da comunicação. Se você não se sente à vontade em ouvir, ninguém ficará livre para lhe dizer qualquer coisa.

O tratamento de silêncio, ignorando completamente as tentativas de aproximação e intervenção das pessoas, também é uma arma contra qualquer relacionamento interpessoal, conforme os estudos dos Gottman. Evitar os confrontos indesejados não elimina os problemas, apenas acumula mais ressentimento para uma conversa futura.

casal com péssimo relacionamento interpressoal briga

Para manter a saúde do relacionamento

Para evitar que os seus relacionamentos interpessoais sejam feridos ou destruídos, o segredo é não permitir que essas situações e atitudes aconteçam. Um primeiro passo pode ser o autoconhecimento. Saber quais são os seus defeitos e qualidades ajuda a compreender melhor as críticas recebidas e os erros do outro, a partir do entendimento de que todos erram.

O Love Lab ainda indica que as pessoas saibam ouvir o que as outras têm a dizer e pratiquem a cultura do respeito. Concentrar-se no que há de positivo no outro e aceitar que sempre há um pouco de responsabilidade de todos os envolvidos, em qualquer situação, permite que a comunicação esteja sempre ativa, o que fortalece os laços.

Além de tudo isso, o mais importante é manter a calma. Não discuta ou tome alguma decisão enquanto estiver estressado. Os pesquisadores da Universidade de Washington apontam que 20 minutos é tempo suficiente para reduzir o ritmo cardíaco e o estresse. Caminhe, assista a um vídeo engraçado, saia para tomar um café - e só então volte a conversar sobre a situação de conflito.

Gostou das dicas? Então aproveite para compartilhar o artigo com seus amigos nas redes sociais! E não se esqueça de conferir outras novidades de bem-estar e relacionamento aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
conflito
comunicação
sociedade
comportamento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ