Amor e Sexo

11/02/2015 01:48 - Atualizado em 21/11/2016 02:44

Amor de verão: Dicas para não se machucar

Menos apego e mais curtição são regras básicas para curtir um amor de verão.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Já diz o ditado popular que amor de verão não sobe a serra. Não é uma regra, mas costuma ser assim.

O clima quente, a descontração e a alegria da estação favorecem o início de relacionamentos entre pessoas de cidades diferentes e com estilos de vida incompatíveis. Porém, o fim desses "namoros" tão leves pode ser bem dolorido, se você não souber lidar com eles.

amor de verao

Curta o seu amor de verão

O amor de verão pode ser passageiro, mas nem por isso você deve deixar de aproveitar momentos ao lado de alguém que você conheceu. Essas relações passageiras e descompromissadas costumam fazer parte das melhores lembranças da viagem. Portanto, viver o momento é a regra número um para não sofrer.

Gostar de alguém e saber que o sentimento é recíproco é muito bom. Entregue-se ao desejo, aproveite a sensação de receber carinho e de ser admirada. Certamente, o seu verão será muito bem aproveitado ao lado de alguém que lhe faz feliz naquela ocasião.

Mas o amor fica só no nome, lembre-se disso. Ninguém é capaz de amar alguém profundamente em apenas três meses. A euforia e a paixão são os principais componentes desse tipo de relacionamento. Não os confunda com sentimentos mais profundos.

Mantenha em mente a ideia de que é apenas um momento. Sem expectativas, as chances de frustração diminuem. Se der certo, você estará lucrando.

Cuide para não fazer planos muito duradouros com o seu amor de verão. O relacionamento de vocês não inclui o futuro. O tempo desse tipo de namoro é o presente e ele deve ser o foco dos seus pensamentos. O fim das férias é o seu prazo limite para planejar e idealizar situações. É possível que, depois disso, já não existam mais vínculos.

Se você for uma daquelas pessoas ansiosas e muito carentes, que desejam um relacionamento duradouro e que querem encontrar o amor da vida todos os dias, nem comece a viver um amor de verão. Esse tipo de relação é para pessoas mais desapegadas e livres, que não estão em busca de um relacionamento sério.

Amor de verão: O que vem depois

O melhor que um amor de verão pode lhe oferecer são as lembranças. Mesmo que acabe, os momentos vividos estarão com você sempre.

A tendência de que haja mágoa é menor que nos demais tipos de namoro, já que as regras implícitas nesse relacionamento não sugerem uma duração muito longa. Quando o verão acaba, a rotina retorna, como nos anos anteriores.

Porém, é possível que o casal decida continuar investindo no relacionamento. Telefonemas, mensagens e emails podem manter aceso o carinho e a paixão de um pelo outro.

As adversidades, como a distância, e a força do sentimento é que definirão o rumo do relacionamento. Se não der certo, você terá boas memórias e um novo amigo. Quem sabe, até, um parceiro para a próxima temporada. De qualquer forma, você saiu ganhando.

Gostou das dicas de amor e sexo? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
relacionamento
verão
praia
dicas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ