Pele

31/08/2014 07:13 - Atualizado em 06/12/2016 10:53

Veja quais são os tipos de tratamento para estrias vermelhas mais indicados

Com tratamento para estrias vermelhas, é possível se livrar dessas indesejadas marcas na pele.

POR

Redação

  • +A
  • -A

As estrias vermelhas são formadas a partir da ruptura das fibras colágenas e elásticas de uma das camadas da pele. Quando são recentes, elas estão na fase inflamatória e ficam com uma cor avermelhada ou arroxeada, depois se tornam mais claras e brancas.

Tratamento para estrias vermelhas é mais eficaz

O tratamento para estrias vermelhas tem maior chance de sucesso, pois quando esbranquiçadas,as chances de remover totalmente as estrias é muito menor. Como o processo de destruição das fibras está no início, é possível interromper ou limitar ele com mais facilidade e eficácia.

tratamento-para-estrias-vermelhas

Antes de definir qual o melhor tratamento para estrias vermelhas, é importante que você conheça o que causa o problema. A formação é mais comum no sexo feminino e está relacionada a períodos em que a mulher sofre alterações hormonais, como a puberdade, a gestação e a obesidade.

Além das possíveis causas naturais, é importante citar também outros fatores que podem ocasionar nas marcas na pele. O ganho de peso muito rápido, o uso de corticoides sistêmicos ou tópicos e o aumento abrupto de massa muscular também podem dar origem a estrias em algumas regiões do corpo.

Tipos de tratamento para estrias vermelhas

Vale destacar que ainda não existe um tratamento para estrias vermelhas que acabe com elas de forma simples e completa. É muito difícil conseguir a remoção total dessas marcas na pele, mas quando se tratam das estrias vermelhas há uma esperança. Confira a seguir as opções mais indicadas para diminuir o aspecto feio que elas causam a pele.

1. Creme com ácido retinóico

O uso de cremes com ácido retinóico é recomendado e pode promover resultados satisfatórios. Essa substância causa uma leve descamação na pele e aumenta a sua produção de colágeno. O processo é lento, pois o creme precisa ser aplicado diariamente por no mínimo três meses para ter bons resultados.

Se feito da maneira correta, você consegue uma pele mais lisinha e firme sem gastar muito. Opte ainda por cremes que contenham também vitamina C ou ureia, que ajudam a recuperar a pele.

2. Laser luz pulsada

Esse tratamento tem mostrado bons resultados contra as estrias. O procedimento é feito com a aplicação de raios de luz nas áreas mais atingidas, promovendo assim a reconstrução das fibras de colágeno. Devem ser feitas de cinco a 10 sessões, com periodicidade semanal ou quinzenal, conquistando uma aparência suavizada das estrias.

3. Microdermoabrasão com cristais de alumínio

Esse tratamento para estrias vermelhas é feito com a aplicação de jatos de microcristais de alumínio na pele. Eles agem como uma espécie de lixamento e diminuem o enrugamento causado pelas estrias. Deve ser feito por profissionais especializados e, geralmente, uma sessão é suficiente para melhorar o aspecto da pele e reduzir o efeito das estrias.

Formas de prevenção

Existem alguns truques que você pode fazer para prevenir a formação das estrias vermelhas e, assim, evitar dor de cabeça depois para removê-las.

Entre eles, estão a esfoliação e hidratação frequentes da pele, beber bastante água, preferir o uso de sabonetes líquidos - não em barra - e evitar banhos muito quentes para não ressecar a pele e agravar as estrias.

Por fim, sempre procure a orientação de um profissional qualificado para saber qual é o melhor tratamento para estrias vermelhas em seu caso e também quais são os cuidados necessários para amenizar, prevenir e tratar o problema.

TAGS
estrias
tratar estrias
estrias vermelhas
pele

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ