Pele

04/06/2015 08:13 - Atualizado em 27/11/2016 01:17

Saiba como evitar e tratar as bolhas na pele

Para a cicatrização ideal das bolhas, é melhor evitar que elas sejam estouradas para não gerar infecção.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Incômodas, doloridas, causam coceira e podem infeccionar. As bolhas são formadas por um acúmulo de líquido entre as camadas da pele. Um sapato apertado, uma queimadura e até mesmo doenças podem fazer com que elas surjam não apenas nos pés, mas em todo o corpo.

Se você sofre com esse problema, anote aí a dica básica: jamais estoure uma bolha. Se fizer isso, pode gerar uma infecção e agravar o problema.

Confira a seguir quais são as principais causas das bolhas, veja dicas de prevenção e aprenda também como eliminá-las depois que surgem, sem se descuidar com a sua saúde.

bolhas

O que pode provocar bolhas

Atrito

As bolhas por atrito podem surgir com o uso de sapatos apertados, meias molhadas ou até mesmo em razão da não proteção dos pés com o calçado adequado. Com a fricção, a epiderme, camada mais superficial da pele, se descola da segunda camada, a derme, o que causa a formação de líquidos que produzem as bolhas.

Brotoeja

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a brotoeja é uma dermatite inflamatória causada pela obstrução das glândulas que produzem e liberam o suor, chamadas sudoríparas. As bolhas podem ser pequenas, sem sinal de inflamação e transparentes. As lesões aparecem no tronco, pescoço, nas axilas e nas dobras de pele.

Queimaduras

Seja por contato de frio ou calor, as queimaduras também podem causar bolhas no corpo a partir de acidentes de segundo grau.

Epidermólise bolhosa

Segundo a SBD, essa é uma doença genética que pode atingir todas as faixas etárias. Quem possui epidermólise bolhosa tem uma fragilidade da pele e da mucosa causada pela alteração na síntese de proteínas que unem as suas camadas. Dessa forma, elas se separam facilmente, o que eleva o risco de surgirem bolhas no corpo.

Como evitar a formação de bolhas

Para prevenir as bolhas por atrito, nos pés e até brotoejas, confira as dicas a seguir:

- Aplique vaselina no local de atrito entre os sapatos e os pés

- Proteja a área dos pés com esparadrapo

- Em caso de queimaduras, aplique pomada após limpeza do ferimento

- Evite usar muita roupa, principalmente em dias quentes e em crianças

- Use roupas de algodão ou fibra natural

- Evite o uso de meias ásperas e dê preferência às mais justas.

bolhas

Elimine as bolhas com cuidado

Se você está com bolhas e elas ainda não estouraram, o ideal é deixar que seu corpo faça o trabalho. Não remova a pele da bolha, pois o tecido que a envolve serve de proteção e impede infecções. O ideal é manter a área em repouso até curar. Se a lesão produzir pus, é a hora de realizar tratamento sob orientação médica.

As bolhas causadas pela brotoeja podem ter seu incômodo amenizado com o uso de tecidos leves e de algodão. Você deve manter o ambiente fresco e ventilado também. Não há um tratamento especifico para a epidermólise bolhosa: seu objetivo é o alívio da dor e evitar o agravamento das lesões.

Gostou das dicas para se manter saudável? Deixe um comentário! E continue acompanhando as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pés
pele
saúde
doenças

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ