Pele

17/06/2014 09:00 - Atualizado em 06/12/2016 12:06

Saiba como evitar as alergias de pele e manchas após a depilação

Hidratação e descarte da lâmina após o uso ajudam a prevenir alergias de pele.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Não é novidade que as mulheres sofrem bastante para cuidar de sua beleza. Alergias de pele após a depilação são um exemplo de problemas com os quais comumente elas se deparam. Mas existem algus cuidados que podem ajudar a diminuir a incidência desses efeitos colaterais na pele.

Como prevenir alergias de pele e manchas após a depilação

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Uma depilação bem feita é fundamental para ficar com a pele lisinha. E não tem jeito: o processo sempre acaba agredindo a pele, de uma maneira ou de outra. Seguir alguns passos, no entanto, pode reduzir a probabilidade de aparecimento de manchas e alergias de pele depois do procedimento.

Tanto lâminas quanto ceras podem gerar esses problemas, que são uma reação da pele à agressão, criando com a inflamação local um mecanismo de defesa. A umidade provocada por calças jeans em dias quentes também podem ser uma causa, já que ajudam a proliferação de fungos e bactérias, provocando as coceiras.

7 Dicas para evitar alergias de pele depois da depilação

Confira abaixo alguns cuidados que podem ajudar a evitar alergias de pele e manchas após a depilação:

Hidratação

A retirada dos pelos elimina também os queronócitos, elementos que dão sustentação à pele, e a camada superficial de oleosidade. Essa perda deve ser compensada com uma boa hidratação, que ajuda a recuperar a película protetora. Convém também evitar tomar sol por dois dias após a depilação, independentemente de qual tenha sido o método utilizado. 

Produtos

Passar, depois da depilação, produtos à base de ácidos ou álcool, certamente vai manchar a sua pele. Excesso de sabonete nas regiões depiladas também pode escurecer essas áreas. Prefira óleos e cremes à base de macadâmia e aloe vera, sempre de acordo com o seu tipo de pele. Existem produtos específicos para manchas na pele, mas recomenda-se que você procure um dermatologista antes de utilizá-los.

Protetor solar

Use filtro solar caso vá se expor ao sol. Ele não é irritante, mas não dispensa o uso de hidratante. Depois que o hidratante for absorvido totalmente pela pele, passe o filtro solar com fator de proteção solar de, no mínimo, 30. 

Sem exagero

É muito importante que a remoção dos pelos não seja feita de maneira agressiva. Eles devem ser removidos no sentido de seu nascimento, seja qual for o método – cera, maquina de depilar ou pinça. Assim ele sai de maneira mais fácil e não ocorrem lesões ou sangramentos. Não se recomenda exagerar na depilação – uma vez por mês é o suficiente. O abuso pode provocar manchas e inflamações, já que a pele não tem tempo de se recuperar. 

Clareamento dos pelos

O clareamento dos pelos é uma alternativa à depilação. Pelos mais claros são mais discretos e não aparecem tanto. Certifique-se de utilizar um produto de boa qualidade, pois ele pode causar irritações na sua pele. Respeite também o tempo de aplicação do creme clareador.

Lâminas

Atenção à lâmina: se você raspa os pelos, lembre-se de descartar as lâminas após o uso, evitando a infecção por bactérias. Uma loção à base de antibiótico e anti-inflamatório, recomendada pela dermatologista, ajuda a evitar inflamações. E não esqueça a hidratação.

Pelos encravados 

Muitas pessoas têm alergia a metais como bijuterias e lâminas. Elas podem causar micro-traumas e alergias, que levam ao encravamento dos pelos. Pode ser feita esfoliação da pele duas vezes por semana após a depilação, para diminuir o desconforto. Loções com anti-inflamatórios e antibióticos também são indicadas.

Se você possui problemas de alergia após a depilação, compartilhe a sua experiência e conte-nos o que você achou do artigo.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ