Pele

25/04/2017 06:25 - Atualizado em 22/06/2017 06:02

Quatro cuidados para se ter com a pele no outono

Dermatologista conta o que não pode deixar de fazer parte da sua rotina

POR

Redação

  • +A
  • -A

O outono já chegou e logo as temperaturas começam a cair. E essa estação, de termômetros baixos e tempo seco, causa reações na pele. Isso acontece, especialmente, porque nessa época do ano a pele produz menos oleosidade natural, o que provoca um ressecamento e sensação de incômodo principalmente na pele do rosto, que é a mais exposta ao vento e poluição.

Cuidados a pele no outono

Segundo a dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, Dra. Thais Pepe, para evitar problemas na pele durante esse período, é essencial inserir na rotina diária alguns cuidados especiais. A especialista enumera o que você não deve deixar de fazer. Confira:

Passar protetor solar

Muitas pessoas acham que o uso do protetor solar se restringe em dias de calor intenso e isso é um grande erro. Segundo a dermatologista, a radiação ultravioleta provoca, também no inverno, danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele, causando o aparecimento precoce de rugas e flacidez, além das manchas. “É fundamental aplicar o fotoprotetor de quatro em quatro horas em ambientes fechados e de duas em duas horas em foto exposição direta”, indica.

Aplicar hidratantes e cremes reparadores

A especialista recomenda o uso de cremes reparadores, que devem ser aplicados à noite para evitar os danos ambientais como a poluição. "São substâncias antioxidantes com capacidade de reparo celular e que atuam contra os radicais livres", explica.

Cuidar dos pés, mãos e corpo

Não é apenas o rosto que sente as reações dessa mudança de estação. Por isso, é essencial hidratar e proteger todo o corpo, não se esquecendo dos pés, das mãos e do pescoço. Lance mão não apenas de hidratantes, como também de óleos naturais para um cuidado mais profundo.

Tomar banhos mornos

Em dias mais frios é irresistível tomar um delicioso e demorado banho com água quente. No entanto, de acordo com a Dra. Thais, ficar mais de 15 minutos em uma ducha quente é mais que o suficiente para comprometer a camada hidrolipídica da pele, que é o que segura a hidratação. Com isso, a pele acaba perdendo água e lipídeos. O recomendado é optar por um banho morno e não se esquecer de hidratar a pele logo em seguida.

Com esses cuidados básicos, a sua pele ficará mais bonita e saudável durante todo o ano. Para outras dicas de beleza, não deixe de acompanhar o Vivo Mais Saudável.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ

Veja Também