Pele

04/01/2016 07:00 - Atualizado em 08/12/2016 09:42

Pomada para espinhas deve ser recomendada por dermatologista

A acne deve ser tratada com a higienização da pele e a aplicação de produtos indicados por dermatologista.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Popular entre adolescentes, a pomada para espinhas caseira não é recomendada pelos dermatologistas. Em vez de soluções milagrosas para o rosto, a fórmula certeira para resolver o problema é marcar consulta com um especialista e seguir o tratamento recomendado.

Para acabar com todas as suas dúvidas e descobrir o que realmente funciona, veja as dicas a seguir.

Tratamento completo em vez de pomada

Segundo a dermatologista Edileia Bagatin, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), estudos apontam que 100% dos adolescentes apresentam acne em algum momento de sua vida. A diferença entre os casos é a gravidade do problema. “Formas muito leves não são consideradas, mas também são acne”, explica.

Pomada para espinhas

Mesmo leve, a acne deve ser tratada em qualquer idade. Além de dolorida, pode causar cicatrizes difíceis de atenuar. “A acne precisa ser tratada precocemente, independente da idade, para evitar cicatrizes e sequelas emocionais que podem influir na saúde psíquica para o resto da vida”, comenta a dermatologista.

No tratamento, muitas pessoas recorrem a soluções caseiras. A pomada para espinhas, por exemplo, recomendada em múltiplas versões e formulações em diferentes blogs, deve ser utilizada apenas quando prescrita por um dermatologistaDe acordo com Edileia, produtos caseiros devem ser evitados, já que podem agravar lesões e causar inflamações e marcas muito profundas. “O dermatologista deve sempre ser procurado”, alerta.

[[saiba_mais]]

Pele perfeita com cuidados básicos

Para acabar com as espinhas e conquistar a pele perfeita que você sempre sonhou, a dermatologista Tatiana Steiner, também membro da SBD, dá dicas certeiras. Confira:

- Peles oleosas e com acne pedem o uso de sabonetes livres de óleo, não comedogênicos, de textura fina e de fácil absorção. Eles podem contar com substâncias ativas secativas ou antiinflamatórias em sua composição. “A limpeza adequada é fundamental para remover impurezas, fragmentos externos e até mesmo secreções internas”, diz.

- As soluções tônicas, demaquilantes ou água micelar podem ser aplicadas para complementar a remoção da sujeira. Pode existir a necessidade da aplicação de loções secativas uma vez por semana para diminuir a oleosidade.

- Cosméticos noturnos com substâncias que estimulam a renovação celular, como o ácido salicílico, retinoico e outros alfa-hidroxiácidos também são recomendados.

- Evite banhos quentes. "Calor em excesso pode estimular a produção de óleo”, alerta a dermatologista.

- O protetor solar é de uso obrigatório em todos os tipos de pele. Pele oleosa pede filtro solar “oil free” ou não comedogênico.

- A água termal pode ser utilizada por quem está passando por tratamentos para acne. Ela tem propriedades antioxidantes, suavizantes e calmantes e é indicada especialmente para peles sensíveis e oleosas.

Gostou das dicas para a sua pele? Então esqueça a pomada para espinhas caseira e consulte um dermatologista. E lembre de compartilhar este conteúdo e curtir nossas matérias de beleza e saúde.

TAGS
espinhas
acne
rosto
pele

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ