Pele

21/08/2014 02:26 - Atualizado em 05/12/2016 04:24

Pele na menopausa: Veja quais são os principais cuidados

Pequenas mudanças ajudam a cuidar da pele na menopausa e amenizar problemas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ao se aproximarem dos 50 anos, as mulheres devem começar a pensar na menopausa e nos seus efeitos para o corpo feminino. Muitas são as ações desse fenômeno corporal causado pela cessação do período menstrual. A queda hormonal reflete em várias partes do corpo, e, muitas mulheres sentem na pele os efeitos disso.

A pele na menopausa, assim como os ossos, acaba sofrendo os efeitos da queda da produção de estrogênio. Com essa queda hormonal, automaticamente o corpo também diminui a produção de elastina e colágeno – responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele. Esse é o principal motivo pelo qual ela tende a perder o viço nesse período.

pele-menopausa

Embora seja natural que a nossa pele se torne mais frágil e sensível à medida que envelhecemos, também é verdade que a menopausa contribui para a sua consequente deterioração e envelhecimento. A pele de uma mulher perde aproximadamente 30% do seu colágeno nos primeiros cinco anos após a menopausa, continuando essa perda a um ritmo de cerca de 2% por ano depois desse período. Mas as irritações de pele que são provocadas pela menopausa devem ser vistas por um médico no caso de persistirem e/ou piorarem.

Como cuidar da pele na menopausa

A boa notícia é que não é só o médico que será capaz de reverter os efeitos da causados na pele na menopausa. Pequenos ajustes diários e mudanças cotidianas podem fazer toda a diferença nessa fase da vida feminina. Como quase tudo, uma das formas de cuidar da pele na menopausa é cuidando da alimentação. Uma dieta equilibrada é um fato fundamental para manter níveis saudáveis durante o período de declínio hormonal.

Para reduzir esses efeitos, adote uma alimentação rica em ómega-3, vitaminas, minerais e fibras. Além disso, tenha por hábito a ingestão de pelo menos oito copos de água por dia a fim de garantir a hidratação mínima que a pele na menopausa irá precisar. Em contraponto a essas dicas de inserção na alimentação diária, alguns itens devem ser evitados: os alimentos quentes em demasia bem como os condimentados em excesso.

Higiene pessoal e a pele na menopausa

Além da alimentação, é importante cuidar dos momentos de cuidado e higiene pessoal. Para isso, evite banhos e duchas muito quentes, pois isso faz com que a pele perca hidratação. Também é válido eliminar o uso de cremes e óleos muito perfumados, uma vez que fragrâncias excessivas podem irritar a pele.

Ao final do seu banho, procure sempre hidratar a pele com um creme adequado ao seu tipo de pele ou experimentar alternativas saudáveis como a manteiga de cacau, óleo mineral, vaselina, os óleos de amêndoas doces ou de sementes de damasco. Certifique-se que os seus cosméticos estão dentro do prazo de validade e/ou opte por marcas especialmente concebidas para peles sensíveis.

Em termos de cuidados diários, é de suma importância a adoção do uso de protetor solar diário, inclusive em dias nublados. Além disso, busque evitar ao máximo ambientes muito poluídos, espaços muito quentes ou muito frios. Também é importante regular a rotina de sono e estresse, visto que esses dois fatores influenciam diretamente na pele durante a menopausa.

TAGS
menopausa
hidratação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ