Pele

09/01/2016 12:00 - Atualizado em 30/11/2016 08:01

Furúnculo: Saiba como acabar com esse incômodo

Infecção na pele é causada por bactéria e pode ser prevenida mantendo bons hábitos de higiene.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Caracterizado por uma infecção cutânea, o furúnculo é causado, geralmente, pela bactéria Staphylococcus aureus. O problema acomete o folículo piloso, a glândula sebácea e o tecido subcutâneo da região.

O problema é comum, porém muito desagradável, pois além de comprometer a estética, é bastante doloroso. Abaixo reunimos informações importantes sobre a lesão e maneiras de prevenir o incômodo. 

As principais causas do furúnculo

O furúnculo costuma acometer, especialmente, os pelos mais expostos à umidade ou substâncias gordurosas, que obstruem os folículos pilosos. Entre as áreas mais vulneráveis, estão a face, as axilas, as nádegas, as coxas e o pescoço.

Furúnculo

Entre os principais sintomas do problema, está um abscesso avermelhado, inchado e endurecido, que pode apresentar pus na parte central. Além disso, a dor local também aparece neste quadro e tende a piorar conforme a infecção aumenta.

Compressas de água quente aliviam a dor local e aceleram o processo de cura. Não é recomendado, em hipótese alguma, que o indivíduo drene a lesão em casa (apertando ou expremendo o furúnculo). O ideal é aguardar o ferimento se rompa espontaneamente.

Apesar de ser considerado um problema comum, em caso de furúnculo é sempre importante buscar aconselhamento médico para o tratamento da lesão. O profissional poderá prescrever medicamentos tópicos ou via oral e, em alguns casos, drenar a ferida de maneira correta.

Entre os grupos de maior risco para desenvolverem o problema, estão portadores de de diabetes mellitus, HIV positivos, pessoas obesas, com doenças crônicas de pele ou baixa imunidade, além de fatores genéticos, com histórico familiar de furunculose.

Entre as possíveis complicações do problema, está a chance da bactéria presente na lesão se disseminar pela corrente sanguínea, atingindo órgãos vitais, causando uma infecção generalizada.

4 dicas para prevenir o problema

Alguns hábitos saudáveis podem contribuir para a prevenção do desconforto do furúnculo. Abaixo você confere alguns pequenos cuidados que podem ser inseridos no seu dia a dia e que minimizam as chances de sofrer com o problema. 

1 - Mantenha as mãos limpas
Bons hábitos de higiene são fundamentais para evitar o furúnculo. Isto é, lavar sempre as mãos após usar o banheiro, ao chegar da rua ou tocar em objetos sujos, além de manter as unhas sempre limpas e aparadas.

2 - Utilize sabonetes antibacterianos
Esses produtos contribuem para a eliminação de diversos parasitas e garantem mais saúde para o organismo. Com ação antibacteriana, as chances de desenvolver furúnculo utilizando este tipo de sabonete se tornam significativamente mais baixas.

3 - Evite roupas muito justas
Roupas muito justas e, especialmente, de tecido sintético dificultam a transpiração e evaporação do suor, entrando em atrito direto com a pele, aumentando as chances de desenvolver furúnculos.

4 - Troque as toalhas e lençóis
Procure sempre manter suas toalhas e lençóis limpos, evitando que eles se tornem veículos de contaminação.

Você já teve furúnculo? Sabe outras dicas para tratar ou evitar o problema? Comente e compartilhe sua opinião com outros leitores do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pele
beleza
saúde
estética

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ