Pele

23/10/2015 08:19 - Atualizado em 30/11/2016 03:03

Fotoenvelhecimento: Verão aumenta a necessidade de cuidados

Para prevenir os danos de fatores externos à pele, é preciso adotar hábitos saudáveis diariamente.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A estação mais quente do ano é marcada por altas temperaturas e raios solares mais fortes. Essa radiação, chamada ultravioleta (UV), é um dos principais causadores do fotoenvelhecimento da pele. Outros aspectos externos, como poluição, alimentação e tabagismo, também contribuem para a aceleração do envelhecimento da epiderme.

Com a mudança no estilo de vida e a adoção de hábitos saudáveis, é possível prevenir o problema e até mesmo reverter os efeitos já sofridos. A pele precisa de cuidados e, principalmente, de proteção diariamente para ficar saudável e bonita por mais tempo. Veja o que fazer.

senhora com fotoenvelhecimento

Entenda como ocorre o fotoenvelhecimento

O fotoenvelhecimento, também chamado de envelhecimento extrínseco, ocorre devido ao contato excessivo com fatores ambientais, principalmente com a exposição aos raios solares. A radiação UVA, também utilizada em câmaras de bronzeamento artificial, é a que atinge a derme mais profundamente, em comparação com a radiação UVB.

Ao penetrar no corpo, os raios UVA danificam as fibras de colágeno, o que prejudica a produção de elastina e a sua reconstrução. Assim, a pele não consegue se renovar adequadamente e, com o passar do tempo, piora o aspecto da cútis.

Durante a juventude, a pele tem capacidade de corrigir naturalmente as alterações provocadas pelo sol. Porém, conforme a idade avança, já não é mais possível reverter esses danos. O resultado é uma pele com rugas, manchas e marcas, com aspecto ressecado e áspero.

Isso ocorre porque o fotoenvelhecimento tem efeito cumulativo. Ou seja, o dano causado pelos excessos cometidos na infância e na adolescência só são percebidos muito tempo depois, quando a pele já está desgastada. Estima-se que 80% de toda a radiação solar da vida seja recebida até os 18 anos de idade.

Além da radiação do sol, outras toxinas externas também contribuem para acelerar o fotoenvelhecimento, como tabagismo, álcool, poluição, estresse e alimentos industrializados ricos em gorduras saturada. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o aumento do peso corporal e dos níveis de açúcar no sangue também podem fazer a pele a envelhecer antes do tempo.

Saiba Mais
Tratamento de luz pulsada acaba com sinais do envelhecimento
Inclua pêssego no cardápio e combata o envelhecimento
Garanta uma pele perfeita sem maquiagem

Dicas para prevenir o fotoenvelhecimento

Para evitar o envelhecimento precoce e diminuir os danos desses fatores externos, é preciso adotar medidas preventivas desde muito cedo. Um estilo de vida saudável, com o controle do estresse, a prática de atividades físicas e uma alimentação equilibrada são os principais hábitos s serem seguidos.

Além disso, o mais importantes é a proteção solar sempre. Mesmo em dias nublados ou quando não haverá exposição direta ao sol, é indicado utilizar protetor solar FPS 30 ou mais em áreas como rosto, pescoço, colo, braços e mãos. Usar chapéu, óculos escuros, camisetas e guarda-sóis na praia também ajuda na proteção.

Outra dica importante para retardar o fotoenvelhecimento é beber no mínimo dois litros de água por dia, hidratando o organismo e estimulando a eliminação de toxinas que contribuem para o processo.

Ainda, higienizar a pele diariamente é fundamental. Ela deve ser limpa duas vezes ao dia, de manhã e à noite, para remover o acúmulo de resíduos de suor, poluição, maquiagem e outras substâncias que provocam a obstrução dos poros e o surgimento de rugas.

Gostou das dicas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir as novidades de beleza e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
envelhecimento da pele
proteção solar
rugas
manchas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ