Pele

03/03/2015 12:00 - Atualizado em 28/11/2016 01:24

Descubra como ter uma pele jovem na terceira idade

Cosméticos e tratamentos clínicos são os aliados para manter a pele saudável e com aspecto mais jovem.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Na terceira idade, a partir dos 60 anos, a pele entra em um processo mais complexo. Devido à degradação das fibras de colágeno e elastina, a pele fica mais fina e a epiderme tende a ser mais compacta. O Vivo Mais Saudável convidou a dermatologista e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia Carla Albuquerque, para falar sobre os efeitos da idade em nossa pele e orientar sobre os cuidados necessários a partir dos 60 anos de idade. Confira!

Aposto que você já viu idosos com a famosa pele “bumbum de bêbe”. Claro que com as marcar do tempo que passou, mas com luminosidade e sem manchas, digna de dar inveja a qualquer menina de 20 anos. Geralmente, a genética e a boa alimentação são as principais responsáveis por deixar a pele jovem por mais tempo. Mas para quem tem a cútis mais cansada pelo tempo, existem produtos e tratamentos que podem amenizar o efeito dos anos vividos e prolongar a jovialidade da pele.

Cuidados diários

De acordo com a dermatologista Carla Albuquerque, nesta fase da vida, a pele tende a ficar ainda mais flácida, desidratada, com sulcos e rugas mais evidentes. Por ser mais sensível, a pele na terceira idade precisa de cuidados específicos. O sabonete, muitas vezes adstringente, deve ser substituído por loções ou leite de limpeza. “Isso impede o ressecamento cutâneo”, explica a médica.

Para a dermatologista, os produtos mais recomendados devem ser os cosmecêuticos com ativos antioxidantes como vitamina C. Ela ainda aconselha o uso de produtos à base de ácido ferúlico e também com ativos de ácido hialurônico, pro-xylane, isoflavonas da soja, além das vitaminas C e E. “Os cremes devem ser mais hidratantes, com maiores concentrações das substâncias citadas”, explica a médica.

Sua mente ajuda ou atrapalha seu bem-estar? Descubra agora!

Pele mais jovem

Alguns procedimentos podem ser usados para melhorar as características da pele, mas respeitando os traços da idade. Segundo Carla Albuquerque, o uso da toxina botulínica é indicado para tratar linhas de expressão na área dos olhos, glabela (linhas entre as sobrancelhas) e testa. 

A aplicação pode ser feita também para amenizar as linhas em volta dos lábios (código de barras) e para preencher e suavizar o sulco nasogeniano (bigode chinês). O procedimento é orientado também para amenizar o sulco labiogeniano (linhas de marionete) e correção de perdas de volume na região malar e contorno facial.

Outro método recomendado pela médica é o uso da luz intensa pulsada para o clareamento de manchas e vasinhos. Já o laser fracionado é usado para ativar colágeno e melhorar flacidez da face e pescoço. Existem ainda técnicas que ajudam a recuperar o o viço e hidratação da pele da face e das áreas extrafaciais, como pescoço, colo, mãos, cotovelos, joelhos, entre outros.

É importante reforçar que todos esses métodos e produtos devem ser prescritos por uma médico membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Por ter a pele muito sensível, mulheres na terceira idade necessitam de acompanhamento periódico com um especialista. O uso de hidratantes e filtro solar devem ser diários para garantir uma pele mais saudável.
 

Você curte nossas dicas de beleza? Então deixe um comentário e acompanhe nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ