Pele

17/04/2015 11:38 - Atualizado em 04/12/2016 10:24

Conheça 10 maneiras para tratar e aliviar a dermatite no rosto

Antes de iniciar algum tratamento, consulte um dermatologista para avaliar seu caso.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você possui bolinhas vermelhas no rosto, que se espalham como manchas, ou casquinhas em volta do couro cabeludo? Saiba que esses são sinais de uma dermatite no rosto, mas que podem ser tratados e aliviados com o tratamento correto para cada caso.

A inflamação da pele pode ter origem genética ou ser desencadeada por agentes externos, como alergias, situações de fadiga ou estresse emocional. Tempo frio e excesso de oleosidade na face também são fatores para o problema. Entenda como a dermatite no rosto ocorre e veja 10 maneiras de aliviá-la.

dermatite no rosto

Como a dermatite surge

A dermatite no rosto ocorre em regiões com muitas glândulas sebáceas, como couro cabeludo e face, e também pode se espalhar por regiões retroauriculares (atrás das orelhas) e pelo peitoral. Caracteriza-se por ser uma inflamação das camadas mais superficiais da pele.

Nos bebês, surge geralmente nas primeiras semanas de vida. São observadas lesões descamativas, amareladas e grudentas, inicialmente no couro cabeludo.

Nos adultos, a dermatite no rosto pode se manifestar sob a forma de lesões avermelhadas, com ou sem coceira, que descamam, atingindo o couro cabeludo e criando uma espécie de caspa.

A dermatite no rosto atinge cerca de 20% da população mundial, porém, somente 3% das lesões de pele são clinicamente relevantes. Homens são mais acometidos que mulheres. É uma doença que tem dois picos de incidência: durante o primeiro ano de vida e após a puberdade.

Quando as lesões surgem pela primeira vez, ela se torna uma doença crônica, que vai e volta ao longo das décadas, com períodos de agravamento das lesões, seguidos de melhora e até mesmo desaparecimento dos sintomas.

Confira 10 maneiras de tratar e aliviar a dermatite

Antes de começar um tratamento, é importante que o diagnóstico do seu caso seja feito clinicamente por um dermatologista, que irá se basear na localização das lesões e no seu relato. O especialista pode necessitar de alguns exames clínicos, como exame micológico, biópsia e teste de contato.

Além disso, alguns cuidados podem ajudar na melhora dos sintomas. Confira:

1. Para os bebês, o ácido salicílico dissolvido em óleo mineral pode ser friccionado com uma escova de dentes no couro cabeludo, diariamente.

2. Em adultos, utilizam-se shampoos que contenham na fórmula piritionato de zinco, sulfeto de selênio, ácido salicílico, piroctone olamina e octopirox.

3. Evite a ingestão de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas.

4. Não tome banhos muito quentes.

5. Enxugue-se bem antes de se vestir.

6. Use roupas que não retenham o suor.

7. Controle o estresse físico e mental e a ansiedade.

8. Retire completamente o shampoo e o condicionador dos cabelos quando lavar a cabeça.

9. Interrompa o uso de sprays, pomadas e gel para o cabelo.

10. Evite o uso de chapéus ou bonés.

Gostou das dicas para a beleza da sua pele? Então deixe um comentário! E não esqueça que sempre tem novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
dermatite
rosto
pele do rosto
inflamação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ