Pele

23/10/2014 12:23 - Atualizado em 01/12/2016 10:30

Aprenda como evitar e enfrentar a descamação da pele

Descamação da pele deve ser tratada com auxílio de um dermatologista.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A descamação da pele está relacionada ao seu ressecamento. Decorre principalmente de hidratação inadequada, excesso de exposição ao sol e falta de vitaminas A e B, ferro e iodo. Em alguns casos, pode ser provocada por doenças e infecções.

Descamação da pele no inverno

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o ressecamento da pele é mais comum no inverno. Nessa época, ocorre uma redução da transpiração corporal, devido à diminuição da umidade do ar e das temperaturas. Esses fatores, aliados aos banhos quentes, acabam removendo a oleosidade natural da pele, diminuindo sua umidade. No fim das contas, o resultado pode ser a descamação da pele.

descamacao-da-pele

Para evitar esse problema, preste atenção se você não tem a pele ressecada. Ela tem uma aparência esbranquiçada, que indica uma desnaturação de proteínas. A fim de melhorar seu aspecto e prevenir a descamação da pele, o ideal é manter uma alimentação balanceada, com alta quantidade de vitaminas e antioxidantes, os quais evitam o envelhecimento precoce.

Alimentação para tratar e evitar descamação da pele

Para prevenir o ressecamento da pele e melhorar seu aspecto, você deve apostar em alimentos como hortaliças, legumes e frutas.

descamacao-da-pelePara a sua lista de compras

Frutas: Laranja, morango, limão, cereja.

Vegetais: Repolho, cenoura e brócolis.

Leguminosa: Soja.

Além desses alimentos, considere incluir na sua dieta também nozes, amêndoas, castanhas, que são ricos em vitamina E e antioxidantes.

descamacao-da-peleÁgua é essencial

A água está muito associada ao verão, mas não se deve a deixar de lado no inverno. Ela cumpre a função de manter a hidratação adequada de toda a pele e do organismo. Conforme a Associação Brasileira de Dermatologia, quem não gosta muito de beber água pode substitui-la, em algumas ocasiões, por chás claros e sucos de frutas. A ingestão diária deve ser de dois litros, aproximadamente - volume que pode ser diferente conforme o organismo.

Exposição ao sol

Uma outra causa possível para a descamação da pele é o sol. Para enfrentá-lo, você deve usar filtro solar de duas em duas horas. E de preferência, evite a exposição aos raios solares das 10h às 16h.

Dicas para manter a pele saudável

- 2 litros de água por dia

- Tome banhos em temperatura amena

- Utilize hidratante para a pele após o banho

- Caso você tenha pele oleosa, use hidratante oil-free no rosto

- Protetores labiais devem ser empregados para manter os lábios hidratados

- Não esqueça o filtro solar (no inverno também!).

descamacao-da-pele

Doenças relacionadas ao ressecamento da pele

Entre as doenças que podem surgir a partir do ressecamento da pele, estão:

Psoríase: É relacionada a fatores emocionais e genéticos e afeta normalmente pessoas entre os 20 e 40 anos de idade.

Ictiose: Surge após o nascimento, causa descamação da pele e tende a regredir com o passar dos anos.

Dermatite seborreica: Esta descamação da pele, a caspa, é provocada pelo ressecamento da pele e costuma atingir a região da cabeça, com sintomas como coceira, descamação e oleosidade.

Dermatite atópica: Está associada à coceira, que pode aparecer antes de lesões cutâneas na pele, em diferentes áreas.

Então, se você tiver sintomas ressecamento e descamação da pele, é importante consultar um dermatologista. Esses problemas podem ser decorrentes de alguma dessas doenças acima e devem ser tratados com orientação de um especialista.

E aí, curtiu nossas dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pele
cuidados com a pele
doenças de pele
prevenção

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ