Pele

22/07/2014 05:00 - Atualizado em 07/12/2016 02:49

Aprenda a tratar e prevenir estrias em pele negra

Estrias em pele negra se destacam mais devido ao contraste de cores.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Estrias são sinais indesejados por qualquer mulher. Mas estrias em pele negra se destacam ainda mais. Veja como tratar essas linhas brancas ou avermelhadas na pele, que aparecem principalmente nas nádegas, coxas e abdômen.

Estrias em pele negra

Quem possui a pele escura não tem maior tendência a desenvolver estrias do que as demais pessoas. O que acontece é que as estrias em pele negra ficam mais visíveis devido ao contraste entre as cores.

As estrias podem aparecer em qualquer lugar do corpo, e acontecem devido a uma distensão na pele. Ocorrem com mais frequência nas mamas, axilas, coxas internas e laterais, nádegas e abdômen, mas também podem aparecer nas costas e joelhos. Elas podem ser únicas, múltiplas, longas ou curtas, e podem se assemelhar a cicatrizes.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Essas marcas aparecem principalmente após a gravidez, na adolescência ou com a obesidade. Também há algumas condições médicas que favorecem o seu aparecimento – podem ser efeito secundário de anticoncepcionais e corticoides, por exemplo. Outras possíveis causas são o tabagismo, a amamentação, o pós-operatório de prótese de mamas, um aumento rápido e acentuado na massa muscular ou gordura e alterações hormonais diversas.

Não há como eliminar completamente as estrias, que acometem a mais de 80% das mulheres, mas é possível amenizá-las, disfarçá-las e melhorar a sua aparência com uma série de procedimentos e hábitos.

O melhor, no entanto, é prevenir a sua ocorrência, e a melhor maneira de fazer isso é mantendo a pele sempre muito bem hidratada.

Como tratar as estrias em pele negra

Conheça abaixo algumas maneiras de combater as estrias em pele negra:
 
Peeling

O peeling é um método que consiste em um tipo de esfoliação da pele. O objetivo é estimular a produção de colágeno e elastina, substâncias que garantem a elasticidade da pele.

No caso do peeling de cobre, a reação acontece com uma enzima responsável pela produção de melanina, fazendo com que a estria tenha a mesma cor do restante da pele. Portanto é uma boa maneira de esconder as estrias em pele escura. O recomendado é combinar essa técnica com a intradermoterapia, na qual um mix de substâncias é injetado na pele para devolver a sua elasticidade, firmeza e hidratação.

Já o peeling de cristal atua liberando jatos de pó de óxido de alumínio, esfoliando a pele e facilitando a penetração de ácido retinóico, a complementação dessa técnica. A substância descama a pele e estimula a produção de colágeno.

Laser fracionado e subcisão

A técnica do laser fracionado consiste em feixes de luz direcionados para a estria. Eles penetram a uma profundidade de pouco mais de um milímetro da superfície da pele. Essas microperfurações destroem e aquecem as fibras de sustentação, tendo como intuito a melhora na textura e alisamento da pele.

Depois de 15 dias para recuperar os hematomas causados por esse técnica, recomenda-se a subcisão, um método cirúrgico ambulatorial que corta e descola camadas profundas de pele, visando estimular a recuperação da pele e reduzindo a largura e profundidade da estria.

Cremes

Por fim, independente de qualquer tratamento especial, mantenha uma rotina diária de hidratação da pele e procure cremes especiais que combatem as estrias. Existe uma grande variedade desse tipo de produto, que podem possuir ativos hidratantes, vitamina C e ácidos retinóico, glicólico e salicílico.

Você possui estrias? Quais são os cuidados que você tem com elas? Você tem visto resultado?

TAGS
estrias vermelhas
marcas na pele

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ