Pele

02/03/2015 12:00 - Atualizado em 05/12/2016 04:46

Aprenda a diminuir a flacidez da pele após os 50 anos

A partir dos 50 anos de idade, a pele necessita de cuidados mais intensos para amenizar o processo de envelhecimento.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Aos 50 anos de idade, o grande desafio para manter a pele jovem e saudável é evitar a desidratação e a flacidez da pele. Nesta fase, o surgimento de rugas, vasinhos e manchas é mais constante. O Vivo Mais Saudável convidou a dermatologista Carla Albuquerque, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, para esclarecer algumas dúvidas e indicar os melhores tratamentos para a pele das mulheres a partir dos 50 anos.

De acordo com a dermatologista Carla Albuquerque, os cuidados com a pele nesta faixa etária devem ser redobrados. A pele começa a perder tonicidade e ficar mais flácida. A exposição ao sol ao longo da vida passa a evidenciar sintomas como manchas escuras ou esbranquiçadas.

Graças aos avanços dos tratamentos clínicos e dos cosméticos, é possível ajudar a pele envelhecida a ganhar mais vigor e hidratação. Assim como em todas as idades. Carla orienta uso diário de filtro solarloções ou leite próprios para a limpeza da pele.


Descubra agora qual é o seu Tipo de Pele

Orientação médica

É muito importante que a indicação dos produtos cosméticos ideais para essa faixa etária seja feita por um médico dermatologista. Ele é quem vai avaliar quais procedimentos terão efeitos mais eficazes na sua pele. Fuja daquele creminho indicado pela sua cunhada ou da receitinha de cosméticos manipulados da sua vizinha.

Para a dermatologista, os produtos mais recomendados devem ser os cosmecêuticos com ativos antioxidantes como vitamina C. Ela ainda aconselha o uso de produtos à base de ácido ferúlico e também com ativos de ácido hialurônico, pro-xylane, isoflavonas da soja, além das vitaminas C e E. Para melhorar a aparência da pele, você pode utilizar ativos com efeito lifting, como o THPE e bulgrane. “Os cremes devem ser mais hidratantes, com maiores concentrações das substâncias citadas”, explica a médica.

Flacidez da pele X Tecnologia

Alguns tratamentos testados e com efeitos comprovados para a “pele madura” são indicados para a mulher a partir dos 50 anos. A toxina botulínica, por exemplo, é recomendada para tratar linhas de expressão na área dos olhos, glabela (linhas entre as sobrancelhas) e testa. Ela também pode ser usada para suavizar e fazer o preenchimento do sulco nasogeniano (bigode chinês), do sulco labiogeniano (linhas de marionete) e corrigir perdas de volume. Outro método bastante eficaz é a luz pulsada. Ela pode ser aplicada para clarear manchas e eliminar os vasinhos. 

O laser fracionado é ideal para ativar a produção do colágeno e melhorar a flacidez da face e do pescoço. Existem ainda técnicas que ajudam a recuperar o viço e a hidratação da pele da face e das áreas extrafaciais, como pescoço, colo, mãos, cotovelos, joelhos, entre outras.

Você curte nossas dicas? Então deixe um comentário e acompanhe nossa página no Facebook para ficar ligada em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pele 50 anos
dermatologista
mulher
dicas pele
flacidez pele
cuidados rugas
evitar rugas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ