Para Eles

21/02/2016 01:00 - Atualizado em 02/12/2016 09:51

Unhas feitas são sinal de higiene e saúde

Além da melhor aparência, mãos correm menos riscos de acumular bactérias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O hábito de tratar das mãos e ter as unhas feitas é geralmente atribuído às mulheres, mas também faz bem para os homens. Além de demonstrar que você é preocupado com a sua higiene e que toma cuidado com a beleza, dar atenção às unhas também pode ajudar a prevenir uma série de doenças. Tudo isso sem nem precisar sair de casa!

Por que ter as unhas feitas

O quesito estético é o primeiro e mais aparente, quando o assunto são as unhas. Elas são estruturas de queratina que podem até parecer desnecessárias, mas fazem toda a diferença na aparência das mãos. Roídas ou cortadas de mal jeito, podem dar a sensação de descuido e desatenção com o próprio corpo.

Porém, a sensação de higiene transmitida pelas unhas feitas é a maior qualidade desse hábito. Cuidar da limpeza das cutículas e da retirada de resquícios que possam ficar por baixo da unha é tão importante quanto tomar banho e escovar os dentes. Resíduos de terra, de alimentos ou de outros materiais com que você lide dão a ideia de sujeira.

homem com unhas feitas no salão

Ter as unhas sujas é como não lavar as mãos após ir ao banheiro. Ao olhar para seus dedos, pense nas pessoas com quem você se relaciona no dia a dia. Você daria um aperto de mão em alguém que tivesse unhas como as suas? Essa pode ser uma boa forma de medir a condição delas.

As unhas feitas são mais limpas e polidas e têm menos risco de acumular bactérias. Além disso, o hábito de cuidar delas com frequência pode diminuir as chances de você roê-las, um costume perigoso. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), doenças como hepatite e o vírus H1N1 podem ser contraídas a partir do contato entre os dedos e a boca.

Unhas feitas sem sair de casa

A SBD afirma que o cuidado com as unhas é fundamental para a proteção do corpo, mas deve ser feito com atenção. O corte ideal é aquele que não deixa espaço para o acúmulo de sujeira, ou seja, em formato oval. Para as cutículas, a dica é não retirar. Elas previnem a entrada de fungos e bactérias, diminuindo a vulnerabilidade das unhas.

Acontece que fazer as unhas em um salão de beleza, além de custar caro, também pode ser arriscado. Segundo a entidade, os profissionais devem ser treinados por dermatologistas e utilizar equipamentos esterilizados - caso contrário, podem aumentar as chances de você contrair doenças. Portanto, a dica é que você faça um tratamento básico em casa. Veja como:

1. Lave as mãos com um sabonete neutro, usando uma pequena escova para limpar a parte inferior das unhas.

2. Com as unhas secas, utilize um cortador masculino para deixá-las curtas e em formato arredondado. Use uma lixa para aparar arestas do corte.

3. Aplique um creme de hidratação intensa e aguarde alguns minutos. Em seguida, utilize uma espátula para empurrar as cutículas com cuidado.

4. Enxágue as mãos, seque-as e aplique um esmalte base. Se você não gosta do brilho, pode optar pelas versões foscas. Deixe que ele seque e, então, você terá as unhas feitas, limpas e saudáveis como devem ser.

Para manter o resultado, realize o procedimento completo a cada 15 dias, pelo menos. Limpe e escove as unhas todos os dias, completando com a aplicação de hidratante.

Gostou das dicas? Então aproveite para compartilhar o conteúdo! E não se esqueça de conferir outras novidades de saúde e beleza masculina aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
fazer as unhas
limpeza
bactérias
manicure

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ