Para Eles

18/04/2015 04:13 - Atualizado em 04/12/2016 03:55

Perfume masculino demonstra personalidade

Saiba identificar as famílias olfativas e notas que ajudam a escolher o perfume ideal.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já se pegou pensando em como um cheiro pode imprimir sua marca? O perfume masculino é capaz de dar individualidade ao homem, um reconhecimento pelo olfato. No mercado, existem inúmeras fragrâncias e, às vezes, é difícil encontrar aquela que mais combina com sua personalidade.

Quer entender melhor como funcionam os perfumes, quais as classificações de cheiros, que traços revelam sobre quem usa e de que modo eles se fixam à pele? Descubra a resposta para essas perguntas e saiba como escolher o perfume masculino ideal para você.

perfume masculino

Perfume masculino ou feminino?

Você vai a uma loja ou vê um catálogo e descobre que a principal classificação é feita entre perfume masculino e feminino. Mas o que os diferencia? Na verdade, cada perfume é diferente em sua composição e, de modo geral, não há como especificar um para homem ou mulher, afinal, cada pessoa tem sua personalidade e prefere o aroma que bem entender.

O que os perfumistas fazem é elaborar uma fórmula que se fixe de formas diferentes para as peles feminina e masculina. Os homens possuem, naturalmente, o tecido epitelial mais oleoso, em função dos androgênios e da testosterona, o que possibilita maior fixação da fragrância.

Por tradição, o perfume masculino acaba sendo fabricado com cheiros mais fortes, como amadeirados e de couro. Os perfumes são feitos a partir de óleos essenciais, extraídos diretamente da natureza ou produzidos sinteticamente. Depois da extração, esses óleos são misturados com álcool e água.

As fragrâncias, depois de compostas, mudam de cheiro conforme o tempo passa. Esse efeito acontece em função das notas, que são captadas de formas diferentes pelo olfato.

Existem três tipos de notas olfativas: as de saída (ou cabeça), de coração (ou corpo) e de fundo (ou base). As primeiras dão a impressão inicial do perfume e passam rapidamente. As segundas evaporam aos poucos e dão a característica principal da fragrância. Por fim, as de fundo são as que se fixam na pele e somem por último.

Que cheiro escolher?

Os ingredientes dominantes do perfume masculino são divididos em famílias olfativas. No grupo de fragrâncias para homens, são mais comuns os aromas frescos, cítricos, amadeirados, de couro, aquáticos, aromáticos, de especiarias e gourmand.

Frescos: são mais voltados aos jovens, exprimindo vigor e tranquilidade.

Cítricos: utilizam frutas como o limão e a tangerina em suas bases. O cheiro é suave e refrescante.

Amadeirado: pinho, sândalo, madeiras especiais e uma característica bem masculina fazem parte dessa família, que exprime elegância e conforto.

Couro: talvez a expressão maior das fragrâncias masculinas esteja no cheiro de couro. Podem ter traços de fumaça, madeira queimada e notas amadeiradas. Usam como base cedro, tabaco e pele.

Aquáticos: orvalho, mar, fontes, cascatas e vibração aquática compõem esses perfumes que, geralmente, são fragrâncias splash.

Aromáticos: também chamados de fougère, esses perfumes misturam lavanda, especiarias, madeiras e outros aromas.

Especiados: canela, cravo, pimentas e nozes dão o tom desse tipo de fragrância que remete aos temperos e especiarias.

Gourmand: comidas e sobremesas também inspiram perfumes. Os gourmands têm cheiro de chocolate, caramelo, café e açúcar.

Quanto à concentração de perfume, os cosméticos são classificados como:

Eau de parfum: 11% a 15% de essência do perfume.

Eau de toilette: 6% a 10% dos óleos.

Colônia: 3% a 5% de essência.

Splash: menos de 1% de essência de perfume.

E você, que perfume masculino prefere? Conte para nós! E continue acompanhando as novidades de beleza do Vivo Mais Saudável.

TAGS
perfume
aroma
fragrâncias
higiene

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ