Para Eles

30/06/2015 01:05 - Atualizado em 07/12/2016 07:53

Descubra 3 nós de gravata e conquiste um visual impecável

Confira um passo a passo e aprenda maneiras de deixar a produção mais sofisticada.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Passa trabalho para ajeitar a gravata? Saiba que você não é o único. Muita gente possui dificuldade de finalizar a produção formal e acaba tendo que encontrar alternativas para driblar a complexidade dos nós de gravata. Tem até quem adquira a peça já montada ou peça uma ajudinha para aquela pessoa mais experiente.

Os diferentes tipos de nós de gravata podem dar um toque muito bacana ao look. Visando a auxiliar quem está com dificuldades nessa tarefa, o Vivo Mais Saudável buscou algumas informações e dicas importantes para você obter sucesso na produção. Aprenda.

nos de gravata

Aprenda 3 tipos de nós de gravata

Apesar de parecerem complicados no início, os nós de gravata são feitos facilmente depois que você pega a prática. Mais que um mero detalhe, a amarração do acessório merece atenção para que fique harmonizada com a camisa, o colarinho e, é claro, com o seu estilo. Do básico ao ousado, os nós transmitem muita personalidade.

Nó simples (Four in hand)

Esse é um dos nós de gravata mais populares. Para fazê-lo, é preciso levantar o colarinho da camisa escolhida e passar a gravata ao redor do pescoço.

Por baixo do colarinho, cruze a parte mais larga sobre a mais estreita. Depois, envolva a parte estreita com a larga. Coloque a parte larga em cima. Em seguida, deixe o dedo indicador no nó realizado e retire-o deslizando a parte mais larga por dentro da fivela. Puxe delicadamente para que se ajeite.

nos de gravata

Nó duplo (Windsor)

Para ocasiões especiais, o nó Windsor é muito elegante. Para apostar neste estilo, escolha camisas com colarinhos mais afastados.

Primeiro, feche o último botão do colarinho e passe a gravata ao redor do pescoço. Ela deverá ter um pedaço mais comprido que o outro. A parte larga fica mais comprida que a mais estreita.

Cruze a parte larga sobre a estreita e prossiga fazendo uma fivela ao lado, subindo a parte larga sobre a gravata e depois descendo. A área mais larga deve ser colocada sobre o cruzamento. Faça outra fivela subindo a parte mais larga sobre a estreita e depois a rebaixe.

No sentido horizontal, transpasse a parte larga pela frente. Já na vertical, passe a parte larga e não deixe amarrotar, passando-a pela parte larga da fivela. A parte estreita deverá ficar como está, puxando-a delicadamente sobre a outra área da gravata.

nos de gravata

Nó meio duplo (semi Windsor)

Posicione a gravata ao redor do pescoço. A parte mais estreita deverá ficar sempre em repouso sobre a camisa e a mais larga será manuseada. Passe a parte mais fina por baixo da parte mais grossa. Segure de maneira firme a base do nó.

Pegue a ponta mais larga e circule a mais fina até encontrar a mão que está segurando o nó. Suba com a ponta da gravata até o pescoço e passe a ponta larga por dentro. Segure o nó firmemente, circule-o com a ponta grossa e transpasse-a sobre a mão para que se forme a fivela.

Circule o nó estrangulado e passe a ponta da gravata pelo lado de dentro, passando-a pela fivela formada pela mão que segura. Puxe delicadamente para que ela se ajeite no pescoço.

nos de gravata

Cuidados com as gravatas

O tamanho correto da gravata é aquele em que a ponta toca a fivela do cinto. Além disso, escolher materiais de qualidade adiciona ainda mais elegância à sua produção. Lembre-se sempre de guardar suas gravatas penduradas. Caso não seja possível, enrole-as delicadamente para guardá-las em gavetas. Não dobre as peças, pois ficarão marcadas.

Qual estilo combina mais com você? Deixe um comentário! E continue ligado no Vivo Mais Saudável para conferir dicas de beleza e bem-estar.

TAGS
elegância
traje social
como fazer nó de gravata
Windsor

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ