Para Eles

28/02/2015 10:35 - Atualizado em 10/12/2016 12:34

Confira dicas para fazer a barba e evitar a foliculite

Foliculite pode ser evitada com cosméticos específicos e cuidados ao fazer a barba.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Urticária e pequenos machucados vermelhos que inflamam caracterizam a foliculite. Bastante semelhante à acne, essa irritação da pele aparece após o barbear. Surgem pequenas bolhas com pus que coçam e provocam incômodo. Geralmente, o problema é causado por pelos que ficam encravados, inflamam e são atingidos por bactérias ou fungos.

Para evitar o surgimento das inflamações,podem ser tomados alguns cuidados em casa. Cortar a barba no sentido em que ela cresce e evitar arrancar os pelos ou estourar as bolhas são as primeiras medidas para evitar o transtorno. Saiba mais a seguir.

foliculite

Evite o surgimento da foliculite

O tratamento para foliculite é bastante simples e pode ser feito em casa, com remédios como corticoides e antibióticos. Dermatologistas costumam recomendar sabonetes antissépticos para lavar o rosto e hidratantes para uso após o barbear, já que a face masculina é o local em que ela mais costuma aparecer.

Assim, o cuidado com a barba é a principal forma de prevenir o surgimento da foliculite. Para que ela não se manifeste ou tenha seus sintomas reduzidos, os homens devem tentar se barbear apenas uma vez por semana, utilizando uma nova lâmina durante cada processo.

Passar a lâmina duas vezes no mesmo lugar também provoca irritação na pele, o que pode agravar os quadros. Utilize um pós-barba ou creme hidratante sempre após fazer a barba, nunca arrancando pelos ou estourando possíveis bolhas que se formem.

Cortar a barba sempre no sentido em que os pelos crescem evita o aparecimento do problema. Esfoliar o rosto antes de se barbear também é uma ótima maneira de prevenção. Utilize sabonetes próprios para isso, lavando bem a face depois.

Reconhecendo os sintomas da foliculite

São bastante claros os sinais de foliculite, o que facilita a identificação dos sintomas e a agilidade no tratamento. A pele começa a coçar bastante, principalmente na localidade da barba. Bolhas vermelhas e de tamanho pequeno inflamam no rosto, com aspecto de acne. Algumas outras lesões de cor amarela e com pus podem aparecer também, podendo causar incômodo e dor.

Geralmente, o problema surge após o barbear. Por isso, é recomendável que se procure um dermatologista para avaliar corretamente o paciente e administrar o tratamento mais eficiente para cada caso.

Tratamento é feito com hidratantes

Produtos para limpeza do rosto, principalmente os antissépticos, funcionam para tratar a foliculite. Consulte sempre um dermatologista, que pode indicar os melhores sabonetes e hidratantes para conter o problema. Geralmente, esses itens são administrados duas ou três vezes ao dia.

Cremes ou pomadas com base em antibióticos e ácido fusídico são bastante eficientes no tratamento e também na limpeza do rosto. São comprados em farmácias de manipulação e não custam muito caro. É importante, porém, consultar o médico para evitar o ressecamento da pele.

Para quem busca um resultado mais duradouro, a depilação a laser é uma opção de tratamento. Os raios são capazes de atingir partes mais profundas do tecido epitelial e eliminar os folículos. Dessa forma, o surgimento de pelos encravados é reduzido e a pele fica menos propensa ao problema.

Gostou das dicas de beleza? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
alergia
pele
barba
rosto

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ