Moda

07/04/2016 01:00 - Atualizado em 31/12/2016 05:05

Valorize suas coxas grossas com 4 dicas

Usar peças de corte reto e cores neutras equilibra o visual e esconde o que você não gosta.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Que a maior parte das mulheres vive insatisfeita com o próprio corpo, já é de conhecimento popular. Mas, dependendo de cada biótipo, mudam as problemas. Para quem tem coxas grossas, os looks que expõem as pernas ou que são mais justos nessa região acabam dando a impressão de aumento. O cuidado na escolha das peças influencia diretamente no resultado.

Os problemas de ter coxas grossas

Entre as dificuldades de quem tem coxas grossas - biótipo bastante comum e elogiado entre as brasileiras, vale dizer -, está a numeração de peças como calças jeans. Geralmente, o tamanho ideal para essa região é maior que o correto para a cintura. Por isso, é difícil encontrar roupas que se ajustem perfeitamente ao corpo.

Os shorts também são sinônimo de dificuldade. Aqueles que se adaptam bem na cintura e no bumbum geralmente ficam apertados demais nas coxas. Além do efeito visual desagradável, ainda há uma questão de saúde. A pressão exagerada nas pernas prejudica a circulação e pode até aumentar as chances de desenvolver celulites.

mulher com coxas grossas mostra calça preta

Saias e vestidos também costumam ser problemáticos, principalmente porque as donas de pernas grossas sofrem com o atrito na pele, que, além de incômodo, é também doloroso. A irritação cutânea pode causar alergias e até mesmo descamação na região, o que dificulta o caminhar.

Mas não são só as roupas que dificultam a vida de quem tem coxas grossas. Determinadas ações e posições também podem ser problemáticas. Um exemplo? O cruzar de pernas. Movimento clássico do público feminino, ele pode ser bastante desconfortável para essas mulheres. Além disso, saias e vestidos costumam subir e mostrar mais do que deveriam.

Como valorizar as curvas

Acontece que o biótipo é algo que não pode ser alterado. Quem nasceu com coxas grossas pode investir em exercícios específicos para melhorar a aparência dessa região, como adutores e abdutores, mas não modificará a sua estrutura física. Portanto, é preciso investir em soluções que facilitem o convívio com o próprio corpo. Confirma algumas delas.

1. Apele para os ajustes

Ter um tipo de corpo tipicamente brasileiro é, também, conformar-se com algumas condições. Se não há como encontrar calças que sirvam bem nas coxas e na cintura, compre as peças maiores e leve até uma costureira. Ela poderá fazer o ajuste e deixar a roupa perfeita para você.

2. Escolha os cortes retos

As peças muito justas valorizam o que você quer esconder? Desista delas. Aproveite que as calças flare e as pantalonas estão na moda e invista nas peças de corte reto, que uniformizam as pernas e não têm tanto destaque para as coxas. O mesmo vale para as saias. Os modelos lápis, com comprimento até o joelho, valorizam os membros inferiores sem reforçar a largura do quadril.

3. Seja básica

As cores chamativas atraem mais olhares para uma determinada região. Por isso, se quiser ousar nos tons, opte por fazer isso em peças como blusas e casacos. Calças, shorts e saias devem ser lisos e de tons escuros, principalmente preto. Essas tonalidades tiram o foco das pernas e equilibram o visual.

4. Invista no salto

Usar salto é uma das dicas menos confortáveis, mas mais valiosas. Versões baixas, de até 5 centímetros, já ajudam a aumentar a estatura e dão impressão de alongamento.

Gostou das dicas? Então aproveite para compartilhar o artigo com outras amigas de coxas grossas! E não se esqueça de conferir as novidades de moda e beleza do Vivo Mais Saudável.

TAGS
biótipo
pernas
guarda-roupa
calça flare

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ